Arduino GPS Shield

Usando Arduino GPS Shield com Google My Maps 21

O sistema GPS se mostra essencial nos dias de hoje. Ele está presente em drones, aviões comerciais, robôs terrestres e carros elétricos autônomos. Embora o sistema GPS esteja presente em diversas tecnologias de ponta, ele também está acessível a você que quer desenvolver seus projetos utilizando este recurso. Existem diversas maneiras de implementar um sistema de geolocalização usando GPS. Neste post iremos mostrar como gravar as coordenadas de GPS em um cartão SD e fazer a exibição desses dados no Google My Maps, usando o Arduino GPS Shield Duinopeak para Arduino.

SHIELD_ANTENA

Material Utilizado

Funcionamento do Shield GPS Duinopeak

O Arduino GPS Shield Duinopeak é composto das seguintes partes:

Ele se comunica com o Arduino através da interface UART com uma velocidade de transmissão padrão de 9600bps. É possível usar tanto a interface serial nativa do Arduino (Pinos D0 e D1) como uma interface serial via Software (Software Serial).

A interface serial de comunicação é selecionada entre os pinos D2 e D7 através de jumpers. Para este post deixaremos livre a porta Hardware Serial do Arduino para facilitar a programação do mesmo e usaremos os pinos 2 e 3 para comunicação via Software Serial com o shield GPS. Os jumpers devem ficar da seguinte maneira:

Pinagem seleção porta serial

O Arduino GPS Shield conta também com um leitor de cartão SD que utiliza a interface SPI do Arduino para comunicação. Com isso existe a possibilidade de gravar os dados de GPS em um cartão SD funcionando como um datalogger. Mostraremos a utilização do cartão SD mais adiante. Lembrando que o cartão deve estar formatado em FAT.

O Shield possui dois LEDs de indicação. O LED PWR deve acender sólido indicando que o Shield está energizado e o LED TP deve piscar indicando que o Shield realizou a localização dos satélites de GPS.

Programa Arduino GPS Datalogger

Antes de compilar o programa exemplo, precisamos baixar e instalar a biblioteca TinyGPS. Com essa biblioteca é possível “parsear” os dados NMEA produzidos pelo GPS e extrair informações importantes como latitude, longitude, velocidade, número de satélites e etc.

Então esses dados são gravados em um arquivo no formato CSV dentro do cartão SD. Esse arquivo gerado terá nome GPSLOGxx.CSV e será incrementado um número cada vez que o Arduino reiniciar.

Para fazer o download da biblioteca TinyGPS acesse aqui e baixe o arquivo .zip da última versão da biblioteca. Então, na IDE do Arduino clique em Sketch -> Incluir Biblioteca -> Adicionar biblioteca .ZIP.

Menu adicionar biblioteca ZIP

Copie o programa a seguir dentro da IDE Arduino e grave no Arduino.

Ao ligar o Arduino, dê uma caminhada na rua e logo você deverá ver o LED GPS fix piscar. Continue caminhando, ou ande de preferência de carro, para coletar uma boa quantidade de coordenadas.

Desligue o Arduino, retire o cartão e insira em algum computador. Você deverá ver o arquivo gerado. Abra o arquivo no excel e o arquivo deverá conter mais ou menos o seguinte conteúdo:

Arquivo de dados CSV

Visualizando as coordenadas no Google My Maps

Para melhor visualizar os dados coletados no arduino GPS Shield, você poderá carregá-los no Google My Maps.

Acesse o My Maps e clique em “Create a New Map”.

Tela My Maps criar um novo mapa

Para carregar o arquivo .CSV clique em “Import”.

Tela My Maps importar um arquivo CSV

Então busque e abra o arquivo .CSV gravado no cartão SD.

Tela My Maps exibição das coordenadas

É possível fazer várias customizações no mapa, por exemplo, criar um traçado entre os pontos.

Tela My Maps traçado das coordenadas

Veja neste link como criar e customizar mapas no My Maps.

Veja a seguir um mapa interativo com as coordenadas de GPS:

Gostou do Arduino GPS Shield Duinopeak? Deixe seu comentário logo abaixo. Em caso de dúvidas, caso queira trocar uma ideia, ou até mesmo dividir seu projeto, acesse nosso Fórum!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta para Giovanni Bauermeister Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

21 Comentários

  1. Ele salva a altitude também?
    Para ser utilizado em um Drone por exemplo.

    1. Olá Maurício, obrigado pela leitura!

      Salva altitude também. Veja no exemplo acima no seguinte trecho de código, todas as variáveis que são salvas inclusive altitude:

      char * log_col_names[LOG_COLUMN_COUNT] = {
      "longitude", "latitude", "altitude", "speed", "course", "date", "time", "satellites"
      }; // log_col_names is printed at the top of the file.

      Mas para medir altitude de um drone o melhor seria usar o GPS em conjunto com um Barômetro como os seguintes:
      https://www.filipeflop.com/pd-123084-sensor-gy-80-10-dof-acelerometro-giroscopio-magnetometro-barometro.html?ct=&p=1&s=1
      https://www.filipeflop.com/pd-6b919-sensor-de-pressao-e-temperatura-bmp280.html?ct=&p=1&s=1

  2. Muito bacana!!! Show de bola!
    Obrigado!

    1. Obrigado pela leitura Rodrigo!

  3. Boa tarde pessoal!!!
    Aprendo muito com esse site, e agradeço a todos por compartilhar vossas sabedoria….de coração, valeu galera.
    E claro brigadasssso Giovanni Bauermeister,,,,

    1. Olá Nilsom!
      Nós que agradecemos a leitura.
      Cometários como o seu nos motivam a produzir conteúdo cada vez melhor para vocês.

  4. Eu nao poderia deixar de fazer meus sinceros agradecimentos, muito obrigado pelo compartilhamento desses projetos é de muito valor para os iniciantes.

  5. funciona com qualquer módulo gps, certo?

    1. Olá Alceu,

      Creio que sim.
      Contanto que o módulo gere dados no padrão NMEA.

      Se o GPS fornece os dados NMEA via serial, o Arduino irá ler esses dados e a biblioteca TinyGPS se encarrega de gerar o arquivo .csv

  6. Bom dia Giovanni!
    Aprecio muito seus ensinamentos. Estou trabalhando com o módulo GPS L80 da Quectel. Eu sei que o baund rate e outras características destes módulos podem ser alteradas, via serial, com o protocolo NMEA, porém tenho tentado e nada muda. Estou usando o mesmo baund rate que recebo os dados (9600). Você já reconfigurou algum destes módulos? Tem alguma dica?
    abs.

    1. Olá Paulo,

      Muito obrigado pela leitura!

      Nunca tentei reconfigurar um módulo GPS,

      Eu sei que os módulos u-blox tem um software para isso. O U-center.
      Pelo software você consegue trocar o baudrate e fazer outras customizações.

      Pesquisei rapidamente o modelo que está usando. GPS L80 da Quectel.
      Para configurar ele parece que precisa enviar comandos usando protocolo PMTK.
      Encontrei um PDF com especificação de protocolo para esse GPS

      http://docs-europe.electrocomponents.com/webdocs/147d/0900766b8147dbed.pdf

      No capítulo 3 tem uma introdução:
      “This chapter introduces the MTK NMEA packet protocol, which is a set of extension messages of the
      standard NMEA packet protocol. These messages are used to control and configure L80 GPS module.”

      Na seção 3.16 pág 25 mostra qual o comando a ser utilizado para mudar o baudrate
      3.16. Packet Type: 251 PMTK_SET_NMEA_BAUDRATE

      No datasheet também devem ter outras informações sobre isso:
      http://www.quectel.com/uploadimage/downlad/l80_hardware_design_v1.1.pdf

      Espero ter ajudado. Abraço!

  7. Olá, preciso de uma solução como esta com apenas um “agravante”, preciso enviar em tempo real as coordenadas para algum serviço na nuvem. Para isso preciso de um shield GPRS/3G certo? Ou há alguma outra forma?

    1. Olá Adriano!

      Creio que o mais fácil seria isso mesmo. Usar rede celular.
      Ou dependendo do projeto daria pra usar alguma coisa com rádio, tipo LoRa
      https://www.ibm.com/developerworks/community/blogs/tlcbr/entry/mp274?lang=en

  8. Boa noite. Estou com dificuldades para corrigir a data e hora, pois ele traz sempre com 3 horas a mais que o horário local. Pensei em apenas subtrair 3 horas, porém, se tiver passado da meia noite, a data também mudou, e, se for duas horas da manha, vai dar um número negativo. Como eu poderia montar uma função para tratar isso? Desde já obrigado.

  9. Bem legal
    vc pode descrever a precisão do gps e as alternativas disponiveis em direção a uma precisão maior?
    obrigado

    1. Olá Jose!
      Você pode encontrar essa e muitas outras informações no datasheet do GPS
      https://www.u-blox.com/sites/default/files/products/documents/NEO-6_DataSheet_(GPS.G6-HW-09005).pdf

      No caso de precisão esse módulo tem 2,5m de precisão.

  10. Seria bacana enviar logo para um servidor MySql

  11. Muito bom seu post Giovanni!!

    Eu consigo gravar uma localização no cartão SD e fazer com que o arduino ligue uma saida digital quando chegar naquela posição?

    1. Obrigado pela leitura Isaac!
      Creio que seria possível sim. No caso do tutorial as posições já são gravadas no cartão SD.

  12. Olá,

    comprei esse shield e estou testando esse código que vc colocou no exemplo, o único resultado que recebo é “gps no data” e no número de satélites 0. Já tentei sair para um local ao ar livre e com quase nenhum nuvem no céu, mas não funciona. Inclusive recebo a mensagem ao compilar “deprecated conversion from string constant to ‘char*’ [-Wwrite-strings]”. Alguma dica do que poderia ser?

    abs

  13. É possivel salvar a potência recebida por cada satélite?