Arduino Uno x Raspberry Pi Pico Qual placa é melhor

Arduino Uno x Raspberry Pi Pico: Qual placa é melhor? 2

Antes da chegada da Raspberry Pi Pico, havia uma distinção nítida entre os ecossistemas Raspberry Pi e Arduino. A Raspberry Pi é um computador Linux que inicializa com um sistema operacional completo; já o Arduino é uma placa microcontrolada que executa um programa por vez. Para entender melhor a diferença entre as duas, acesse o post “Arduino x Raspberry Pi: Quais as diferenças entre as placas”.

Depois do lançamento da Raspberry Pi Pico, que também é uma placa microcontrolada, e do novo SoC RP2040, a distinção não é mais tão evidente para algumas pessoas. Tanto o Arduino quanto a Raspberry Pi Pico são excelentes ferramentas para prototipação eletrônica em que o objetivo principal é ativar LEDs, controlar motores e monitorar sensores de maneira confiável, sem toda a sobrecarga de executar um sistema operacional completo, como é o caso da Raspberry Pi.

Arduino Uno x Raspberry Pi Pico: Qual placa é melhor?

No entanto, ainda fica uma dúvida: qual das placas microcontroladas é melhor? Para ajudá-lo a decidir, vamos comparar as duas plataformas abaixo. Confira!

Diferenças entre Arduino Uno e Raspberry Pi Pico

Apesar de comentarmos acima que as duas plataformas possuem a mesma função, existem algumas diferenças entre as duas, principalmente em relação às especificações. Abaixo você pode conferir uma tabela comparativa entre o Arduino Uno e a Raspberry Pi Pico:

EspecificaçõesArduino Uno R3Raspberry Pi Pico
MicrocontroladorATmega328PRP2040
NúcleoSingle CoreDual-core
Arquitetura do núcleo8 bit RISC32-bit ARM Cortex M0+
Clock16 MHz48 MHz (típico)

133 MHz (overclock)

Memória RAM2 KB264 KB 
Memória Flash32 KB2 MB
EEPROM1 KBNão
Linguagem de ProgramaçãoBaseado em CPython e C/C++
Alimentação5 VDC via USB B5 VDC via micro USB B
Nível Lógico GPIO5V3.3V
GPIO20 entradas e saídas digitais26 entradas e saídas digitais
ADC6 x 10-bit3 x 12-bit
UART12
I2C12
SPI12
PWM616
LED on-boardSim (GPIO13)Sim (GPIO25)
Barra de pinosFêmeaNão

Como podemos ver acima, os microcontroladores que compõem cada uma das placas possuem especificações bem diferentes. A linguagem de programação utilizada na Pico e no Arduino também são diferentes, enquanto a primeira permite a programação em Python e C/C++, a segunda possui uma linguagem própria baseada em C. A GPIO, que são os pinos onde conectamos LEDs, sensores e motores, também não é idêntica nas duas placas, tanto em relação ao número de pinos quanto ao nível lógico.

Abaixo você pode conferir com mais detalhes cada uma dessas diferenças entre as duas plataformas.

Microcontrolador: Arduino Uno x Raspberry Pi Pico

As placas Arduino mais antigas e populares, como é o caso do Arduino Uno, são compostas por chips Atmel como o ATMega328P. Já a Pico é composta pelo microcontrolador RP2040, chip esse desenvolvido pela própria Fundação Raspberry Pi.

Arduino Uno x Raspberry Pi Pico: Qual placa é melhor?

Em primeiro lugar, na Pico temos um Arm Cortex M0+ dual-core rodando até 133 MHz, muito mais rápido do que um RISC single core de 16 MHz do Arduino Uno. A memória RAM no RP2040 é de 264 KB, muito maior do que 2 KB do Uno. Além disso, o Uno possui apenas 32 KB de armazenamento flash, bem abaixo dos 2 MB encontrados na Pico.

GPIO: Arduino Uno x Raspberry Pi Pico

A Raspberry Pi Pico possui 40 pinos, os quais possuem pads padrão, onde é possível soldar uma barra de pinos, e pads do tipo castellated, o que permite soldar a Pico em uma outra placa de circuito impresso. A GPIO da Pico oferece 26 entradas e saídas digitais, 3 entradas analógicas , 16 portas PWM e várias conexões I2C, SPI e UART.

Arduino Uno x Raspberry Pi Pico: Qual placa é melhor?

A GPIO do Arduino Uno é composta por barra de pinos fêmea, o que exige a utilização de jumpers para conectar qualquer componente na placa. Esse tipo de GPIO é bem interessante para quem nunca teve contato com eletrônica, pois já está pronta para uso. A GPIO do Arduino Uno oferece 2 entradas e saídas digitais, 6 entradas analógicas , 6 portas PWM e conexões I2C, SPI e UART.

Programação: Arduino Uno x Raspberry Pi Pico

É em relação às linguagens de programação que Pico mostra maior versatilidade em comparação com o Arduino Uno. A nova plataforma tem duas linguagens oficialmente suportadas: C/C++ e Python. É importante lembrar que o Python é atualmente a linguagem de programação mais indicada para quem está iniciando.

Linguagem de programação: baseada em C x Python
Linguagem de programação: baseada em C x Python

Já o Arduino possui uma linguagem de programação própria, que é baseada em C. Apesar de aceitar apenas uma linguagem, existe uma comunidade gigantesca por trás, já que o Arduino está no mercado desde 2005. Por isso, mesmo que a linguagem para Arduino não seja tão fácil em comparação ao Python, você conseguirá tirar suas dúvidas de maneira rápida e simples.

Conclusão

Mas a dúvida que ficou até o momento é: qual placa é melhor?

O Arduino é a placa de desenvolvimento ideal para quem nunca teve contato com eletrônica, pois não exige a solda de uma barra de pinos e possui uma comunidade gigantesca, facilitando muito o aprendizado. E por estar no mercado a mais tempo, o Arduino possui uma infinidade de sensores e módulos compatíveis, assim como suas respectivas bibliotecas.

Já a Raspberry Pi Pico é a placa ideal para usuários que desejam uma placa mais poderosa, pois possui especificações técnicas muito mais avançadas. Também é ideal para qualquer pessoa que queira escrever em Python os códigos para seus projetos eletrônicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

  1. placa muito top …
    acredito que as próximas já virão prontas para conexões sem fio e ai sim será a pedra no sapato da concorrência…

    1. Olá!

      Sim! Estamos ansiosos pelos próximos lançamentos.

      Abraço!
      Rosana – Equipe FilipeFlop