Boot Raspberry Pi 4 pela USB Deixe um comentário

Diferentemente dos modelos anteriores, a Raspberry Pi 4 Model B não suportava a inicialização (boot) do sistema operacional pela USB (pen drive ou ssd externo). Recentemente, uma atualização de firmware (versão beta) com a correção desse problema foi lançada permitindo usar a entrada USB 3.0, exclusiva da Raspberry Pi 4 Model B, para inicializar o sistema operacional.

Boot da Raspberry Pi 4 pela USB

Material necessário

Primeira etapa: baixar e gravar o Raspberry Pi OS no cartão microSD

Para instalar a atualização de firmware é preciso do sistema operacional. Como ainda não podemos usar a USB, iremos inicializar o sistema operacional pelo cartão microSD.

Baixe sua versão preferida do Raspberry Pi OS (antigo Raspbian). Usei o Raspberry Pi OS (32-bit) with desktop.
Baixe e instale/execute, de acordo com o sistema operacional, o aplicativo Balena Etcher.
Insira o cartão microSD no computador ou notebook. Abra o aplicativo Balena Etcher. Clique em Flash from file.

Gravando microSD da Raspberry Pi 4

Selecione o arquivo, no meu caso 2020-05-27-raspios-buster-armhf.zip. Clique em Abrir.
Clique em Flash. Aguarde a conclusão do processo.

Remova com segurança o cartão microSD. Insira na Raspberry Pi 4.

Segunda etapa: instalar atualização de firmware

Conecte: teclado, mouse, TV ou monitor (via HDMI), opcionalmente cabo de rede (Ethernet) e por último a fonte de energia. Após algum tempo, você verá a tela a seguir.

Caso não esteja usando cabo de rede, configure a rede WiFi disponível. Clique em Terminal.

Digite o comando sudo apt update && sudo apt full-upgrade -y. Pressione a tecla Enter.
Digite o comando sudo nano /etc/default/rpi-eeprom-update. Pressione a tecla Enter.
Altere a linha para FIRMWARE_RELEASE_STATUS=”beta”. Pressione a combinação de teclas CTRL + X para sair. Pressione a tecla Y seguida pela tecla Enter para salvar.
Digite o comando
sudo rpi-eeprom-update -d -f /lib/firmware/raspberrypi/bootloader/beta/pieeprom-2020-05-15.bin.
Pressione
a tecla Enter.
Digite o comando reboot. Pressione a tecla Enter.

Terceira etapa: verificar versão do firmware

Após algum tempo, você verá novamente a tela a seguir.

Clique em Terminal.
Digite o comando vcgencmd bootloader_version. Pressione a tecla Enter.
A data do firmware deve corresponder a mesma do arquivo pieeprom-2020-05-15.bin. No nosso caso May 15 2020.

Digite o comando sudo halt. Pressione a tecla Enter.
Remova o cartão SD da Raspberry Pi 4.

Quarta etapa: gravar o Raspberry Pi OS no dispositivo USB (pen drive ou ssd externo)

Agora que instalamos a atualização de firmware, podemos inicializar o sistema operacional pela USB. Usei um pen drive.

Insira o pen drive no computador ou notebook. Abra o aplicativo Balena Etcher. Clique em Flash from file.

Gravando pendrive para o Boot da Raspberry Pi 4 pelo USB

Selecione o arquivo, no meu caso 2020-05-27-raspios-buster-armhf.zip. Clique em Abrir.
Clique em Flash. Aguarde a conclusão do processo.

Quinta etapa: atualizar arquivos de firmware

Faça o download dos arquivos de firmware atualizados no repositório Raspberry Pi Firmware. Copie os arquivos *.elf e *.dat da pasta /boot para a partição de inicialização (/boot) do dispositivo USB.

Acesse o repositório Raspberry Pi Firmware.
Clique em Clone or Download.
Clique em Download ZIP.
Descompacte o arquivo firmware-master.zip.

 

Copie todos os arquivos *.elf e *.dat da pasta firmware-master/boot.

Para a pasta /boot do seu dispositivos USB, no meu caso pen drive.

Substitua os arquivos se perguntado.

Remova com segurança o pen drive. Insira na Raspberry Pi 4.

Sexta etapa: fazer o boot da Raspberry Pi 4 pela USB

Conecte: teclado, mouse, TV ou monitor (via HDMI), opcionalmente cabo de rede (Ethernet) e por último a fonte de energia. Após algum tempo, você verá a tela a seguir.

Conclusão

Embora a atualização do firmware seja beta, ou seja, ainda não está pronta, não foi lançada oficialmente e possivelmente possua erros e falhas. Permite a inicialização da Raspberry Pi 4 Model B pela USB 3.0. Interessante para quem busca uma opção mais rápida (em teoria) de armazenamento. 

Gostou de aprender a fazer o Boot da Raspberry Pi 4 pela USB? Deixe seu comentário abaixo dizendo o que achou. Para mais conteúdos como esse, acesse o blog.

Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *