Hackeando um controle SNES utilizando uma Raspberry Pi Zero W Deixe um comentário

Você sabia que no dia 29 de agosto foi comemorado o Dia Internacional do Gamer? Para comemorar essa data que tanto representa a gente, a FilipeFlop trouxe mais uma edição da BlueBox. A ideia do projeto desta edição é hackear um controle SNES utilizando uma Raspberry Pi Zero W. Dessa forma você terá controle e console em um único dispositivo. 

Ficou interessado? Então veja o tutorial abaixo!

Materiais necessários

Para hackear o controle SNES você vai precisar de:

Além disso você vai precisar das seguintes ferramentas:

Com todos os componentes e ferramentas necessárias em mãos, você só precisa seguir a passo-a-passo ou conferir o vídeo abaixo.

Preparando o cartão de memória

Primeiramente precisamos baixar o RetroPie, sistema esse que permitirá rodar jogos antigos na sua Raspberry Pi. 

(1) Na página do RetroPie, vá até a aba Download e depois clique em Raspberry Pi 0/1.

(2) Aguarde o arquivo ser baixado e descompacte o mesmo na pasta de sua preferencia.

(3) Agora precisamos gravar a imagem do RetroPie no cartão de memória. Para isso, utilize o software balenaEtcher. Insira o cartão de memória no seu computador e abra o software balenaEtcher

(4) Clique em Select Image e selecione a imagem do RetroPie. 

(5) Depois clique em Flash e aguarde o processo ser concluído.

Com a imagem gravada, vamos criar um arquivo com as credenciais da rede WiFi para posteriormente adicionarmos a ROMs de forma remota. 

(6) Retire o cartão de memória do computador e depois insira novamente. Clique em boot. Depois faça uma cópia do arquivo issue

(7) Renomeie o arquivo para wifikeyfile.

(8) Abra o arquivo wifikeyfile, apague todo seu conteúdo e insira as credenciais da rede da seguinte forma:

ssid=”nome_da_sua_rede_wifi”

psk=”senha_da_sua_rede_wifi”

(9) Salve e feche o arquivo. Agora você já pode retirar o cartão SD do seu computador.

BlueBox FilipeFlop

Montagem do controle SNES

Com o cartão de memória pronto podemos começar a montagem do nosso controle. Primeiro vamos desmontar o controle USB. 

(1) Retire os cinco parafusos que se encontram na parte debaixo do controle. Guarde os parafusos pois vamos utilizá-los depois. 

(2) Com cuidado, separe as duas partes do controle. 

(3) Faça um corte no cabo a uma distância de 7 cm da placa. 

(4) Com cuidado, retire toda a parte externa do cabo. 

(5) Depois, descasque as pontas de todos os cabos.

(6) Solde os cabos na parte debaixo da Raspberry Pi da seguinte forma:

(7) Insira o cartão SD na sua Pi Zero. Encaixe sua placa na nova parte inferior do controle. Use os parafusos que foram retirados da parte inferior para parafusar a Raspberry na controle.

(8) Encaixe a placa dos botões na parte superior do controle.

(9) Com cuidado, vá encaixando as duas partes do controle. Depois, basta parafusar usando os quatro parafusos que sobraram. 

Configurando o Retropie

(1) Insira o cabo HDMI no seu monitor ou TV. Utilizando o adaptador mini HDMI, conecte o cabo HDMI na sua Raspberry Pi. Conecte o cabo USB na fonte, depois na entrada micro USB (certifique que é a entrada de alimentação). Depois que ligar a fonte na tomada, o RetroPie irá iniciar. 

(2) Na primeira inicialização, o RetroPie irá detectar que há um dispositivo USB conectado. Primeiro segure qualquer botão do controle e depois configure cada um dos botões. Para as teclas que não existem no controle, basta ficar segurando qualquer outra tecla.

(3) Agora precisamos conectar a Raspberry a internet para podermos adicionar as ROMs. Para ir para a tela de configuração. clique na botão A do controle. No menu de configuração, selecione WiFi

(4) Depois selecione a opção 3 – Import wifi credentials form boot/wifikeyfile.txt. Se tudo está correto, o IP da Raspberry irá aparecer. Guarde o número do IP pois vamos utilizá-los para adicionar os jogos.

(5) Baixe as ROMs que desejar (há milhares de sites específicos para isso).  No seu computador, abra o explorador de arquivos e clique em rede. Digite \\ e o IP da sua Raspberry Pi. Clique em roms

Não se esqueça que as roms só rodam nos seus respectivos consoles, ou seja, só podemos adicionar ROMs do Super Nintendo na parte SNES. 

(6) Por fim, desligue e ligue novamente seu controle. Quando o RetroPie iniciar o emulador irá aparecer. Agora é só se divertir!

BlueBox

O projeto mostrado acima fez parte da BlueBox – Dia do Gamer. Você ainda não conhece a BlueBox? Ela é uma caixa surpresa que você compra sem saber o que tem dentro. Você só descobre quais são os componentes da edição quando a BlueBox chega até você. Confira os projetos de outras edições:

Gostou de hackear o controle SNES com uma Raspberry Pi Zero W? Conte para a gente o que achou nas nossa redes sociais! Para ter acesso a mais conteúdos como esse, visite nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *