BANNER DESTAQUEBLOG MOBILE Criação Fritzing Prototipagem

Criação de Fritzing Part – Parte 2 Deixe um comentário

Olá pessoal! Este artigo apresenta como criar o componente Fritzing através do vetor em formato SVG para visualização Protoboard. Vamos lá?

Primeiramente deve-se criar um vetor do componente que se deseja. Caso não tenha criado, verifique o artigo Criação de Fritzing Part – parte 1.

Como criar

Para se criar um componente Fritzing, é necessário editar um arquivo já existente. Como o ESP-01 é um módulo de 8 terminais, faremos uso de algum componente com 8 terminais. 

OBS: O componente criado servirá apenas para uso na aba Protoboard. Para usá-lo como Esquemático você deve também criar um SVG para esta visualização.

Abra o Fritzing, selecione a aba Protoboard e na janela Componentes digite dip8 na busca (ícone com lupa).

No caso, selecionei o timer 555. Arraste para a área de Protoboard. Clique com o botão direito sobre o componente, selecione Editar (criador de novos componentes).

Será aberta uma nova janela, como mostrado na figura abaixo:

Vamos usar a imagem criada no Inkscape do módulo ESP-01. Para isto, vá ao menu Arquivo => Carregar imagem para visão

Navegue até encontrar o arquivo SVG criado anteriormente. Ao abrir, verá uma janela semelhante a essa:

É necessário associar os nomes dos pinos aos pinos criados em SVG. Abaixo temos a sequência do módulo ESP-01.

Selecione a aba Conectores e edite cada um dos pinos, para que corresponda à figura acima. Na sequência que fiz, RX corresponde ao pino 1, VCC ao pino 2 e assim sucessivamente, até TX como pino 8.

Lembre-se de editar o nome e a descrição. Caso desejar, você pode colocar uma descrição mais detalhada do pino.

Se precisar acrescentar mais pinos, altere o número de conectores. Use somente o número disponível de conectores do componente que criar.

Volte para a aba Protoboard e verá que a lista de conectores foi atualizada para os pinos nomeados anteriormente. Você deve associá-los com os pinos da figura. 

Para isso, clique no botão Selecionar imagem ao lado do pino que você quer nomear.

OBS: Pode haver um problema com a seleção devido à detalhes como trilhas criadas no Inkscape. Caso não consiga selecionar os pinos, edite o arquivo SVG, removendo estas trilhas, deixando apenas os círculos/retângulos referentes aos pinos e carregando novamente o arquivo modificado no Inkscape.

Selecione na imagem o pino, ele ficará com cor rosada, como na figura acima. Após a seleção, o pino terá uma marca de OK (), que significa que está associado à uma parte da imagem. Faça isto para todos os pinos.

Atribuindo pinos ao novo componente fritzing

Depois disso, vá para a aba Ícone. Será mostrado o ícone do componente anterior. 

Componente fritzing usado para criar o novo

Para atualizar para o novo componente, selecione o menu Arquivo => Reusar imagem do protoboard. O ícone será atualizado para a mesma imagem da visão Protoboard, como mostrado a seguir:

Componente fritzing pronto

Feito isso, você deve editar as informações do seu componente. Vá para a aba Metadado.

Metadados do componente fritzing

Nesta parte são alterados o título, o autor, descrição e propriedades dos componentes. Também são alterados os marcadores, muito importantes para localizar o componente.

OBS: Você pode criar um arquivo SVG para visualização Esquemático para esta imagem. Não o fizemos neste tutorial, mas é semelhante e mais simplificado que o SVG usado na visão Protoboard. 

Salve seu trabalho no menu Arquivo => Salvar como novo componente

Será solicitado que se dê um prefixo ao arquivo. Usei o nome esp01 porém você pode usar o nome que desejar.

Clique em OK para fechar a janela. Feche esta janela de edição para voltar à tela principal do Fritzing.

O componente criado será visto na janela Componentes, na parte Mine (My Parts).

Componente fritzing criado

Ao arrastá-lo para a área Protoboard, você pode usá-lo normalmente para criar e documentar seus circuitos na visão Protoboard.

Componente fritzing na protoboard

Os pinos para uso terão uma marcação em vermelho e ao conectá-los aos demais componentes do circuito, se tornarão verdes.

Ao fechar o Fritzing, será mostrada uma mensagem de alerta para salvar as alterações feitas no pacote My Parts, ou seja, os componentes que você criou ou importou. Clique em Salvar, para que o componente criado fique disponível em Mine sempre que abrir o Fritzing.

Como exportar um componente Fritzing

Você pode criar o arquivo do elemento Fritzing para disponibilizar na internet. Para isto, clique sobre o ícone do componente criado com o botão direito do mouse:

Exportar componente fritzing

Selecione a opção Exportar Componente…

Será aberto o navegador de arquivos, para que você selecione o nome e o local onde quer salvar o novo componente. Ele terá a extensão *.fzpz (Elemento Fritzing).

Pronto! Seu novo componente pode ser disponibilizado em sites como GitHub e outras plataformas. Caso queira importar um arquivo *fzpz, vá ao menu Arquivo => Abrir e selecione o elemento. Ele será aberto e um ícone criado automaticamente em My parts.

Gostou de criar seu próprio componente Fritzing? É muito importante para documentar seus circuitos com módulos e componentes não encontrados nos pacotes Fritzing. Deixe seu comentário logo abaixo se gostou do artigo ou se criou seu próprio componente. E caso queira postar ou tirar dúvidas, acesse nosso fórum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *