Manutenção preventiva em impressoras 3D 1

A alegria de comprar ou montar uma impressora 3D pode virar um verdadeiro pesadelo se não fizermos a correta manutenção nessas máquinas incríveis. Para te ajudar, fizemos este post com as principais dicas para manutenção preventiva em impressoras 3D FDM

A manutenção preventiva em impressoras 3D tem as suas raízes na antecipação e resolução de problemas antes mesmo que eles ocorram, barateando a operação do equipamento e mantendo o mesmo sempre em boas condições.

Material Necessário

Para realizar a manutenção preventiva na sua impressora 3D, você vai precisar de:

Quando realizar a manutenção preventiva em uma impressora 3D?

É importante compreender que a idade de uma impressora 3D não se mede pela sua data de fabricação, mas sim pela quantidade de horas de operação que ela possui. É justamente por isso que o plano de manutenção preventiva também tem as suas intervenções planejadas de acordo com o número de horas que o equipamento ficou de fato imprimindo.

Existem dois tipos de manutenção preventiva que devem ser realizadas: 

  • Manutenção preventiva pré impressão
  • Manutenção preventiva de horas de uso

Veja abaixo o checklist para cada uma das manutenções.

Manutenção preventiva pré impressão

Este primeiro checklist foi pensado para ser executado todos os dias antes de efetuar qualquer impressão a fim de detectar problemas em seus estágios iniciais evitando assim problemas maiores:

  • Parte externa: verifique se não existe nada de estranho na estrutura da impressora, se não existem danos aparentes, fios soltos…
  • Integridade do frame: verifique se a estrutura permanece rígida e sem sinais de enfraquecimento.

  • Tensão das correias: verifique se as correias ainda estão firmes ou se precisam de novo tensionamento. 
  • Sujeira e detritos no hotend: verifique se não existem poeira em excesso na estrutura ou restos de filamento no hotend e etc. Caso necessário, limpe cuidadosamente a sujeira nos rolamentos e partes pequenas usando uma escova de dentes. Para a limpeza do restante da estrutura, utilize um pano seco.

Caso o bico do hotend esteja muito sujo, retire o filamento da impressora, aqueça o bico a 215ºC, desligue o aquecimento e retire delicadamente os detritos com a escova de fios metálicos. 

Manutenção preventiva de horas de uso

Este segundo checklist foi pensado para ser executado a cada 30 horas de impressão a fim de se detectar problemas em seus estágios iniciais. Note que ele envolve também as mesmas etapas vistas durante a verificação anterior. 

  • Parte externa
  • Integridade do frame
  • Tensão das correias
  • Sujeira e detritos no hotend
  • Funcionamento das ventoinhas: os coolers têm como função garantir o correto arrefecimento para a controladora e o corpo do hotend. Quando a ventoinha apresenta um acúmulo muito grande de detritos, ela irá ostentar um barulho incômodo além da notória perda de desempenho. Porém, a solução é relativamente simples: com a pinça e o conjunto desligado, retire cuidadosamente os restos de filamento que se acumularam na cavidade e ela voltará a apresentar bom desempenho.

  • Extrusora: verifique se não existem restos de filamento em excesso e se o conjunto preserva suas características originais de desempenho. Caso necessário, realize a limpeza utilizando a escova de cerdas macias.
  • Fluxo de filamento no hotend: caso esteja tendo indícios de sub extrusão na última peça ou barulhos estranhos oriundos da extrusora é hora de retirar o bico do hotend e efetuar a limpeza e verificação do conjunto. Caso sua impressora 3D possua tubo de teflon dentro do hotend e notar que o filamento passa com certa dificuldade pelo mesmo a frio é sinal de que ele precisa ser substituído. Caso o teflon esteja intacto, é hora de verificar se o bico não precisa ser substituído ou limpo. 

Desintupir o bico da sua impressora 3D é uma forma de manutenção preventiva

Para desentupir o bico, siga o seguinte procedimento: aqueça o bico diretamente com um isqueiro segurando o mesmo com um alicate reto até que o filamento amoleça dentro do mesmo Feito isso, basta retirar o resíduo com um simples clip de papel metálico aberto.

Para casos onde o conjunto do hotend é inteiriço (como visto na imagem abaixo), aqueça o clip para retirar os resíduos de filamento do sistema.

Limpar filamentos do hotend faz parte da Manutenção preventiva em impressoras 3D

  • Controladora: verifique a situação dos bornes e faça a limpeza caso haja poeira em excesso.
  • Porcas e parafusos: utilize os kits de chaves caso note que algo necessita de intervenção.
  • Rolamentos, fusos e ou barras roscadas: realize a lubrificação básica da impressora da seguinte maneira:
    • Impressoras de estrutura aberta: Coloque uma pequena gota do lubrificante multiuso em cada rolamento e um pequeno filete nas barras lisas para máquinas cartesianas e ou core XY, para máquinas v slot basta lubrificar os rolamentos. 

Importante! Em hipótese alguma deixe cair fluído lubrificante nos motores de passo, tais motores não precisam de lubrificação. 

    • Impressoras de estrutura fechada: utilize a graxa branca em spray em pequena quantidade nas barras lisas e rolamentos. 

Dica: Ao final não se esqueça de anotar número de horas para saber quando será a próxima revisão.

Gostou de conhecer os procedimentos para uma manutenção preventiva em impressoras 3D? Então não deixe de continuar acompanhando esta série pelo incrível universo da impressão 3D!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um Comentário

  1. Muito bom! Parabéns pelo post.