Projeto Taturana

O projeto que ensina robótica para crianças! 7

Pensando na importância do aprendizado de robótica e no compromisso de promover programas de ensino no Brasil, o projeto Taturana tem por objetivo o ensino de robótica para crianças e hoje já conta com mais de 150 crianças impactadas!

Como surgiu o Taturana

A Robótica Educacional na Escola Municipal Aloys, em Cascavel-PR, surgiu como proposta em 2014. Com incentivo da Instrutora de Informática Márcia Regina Kaminski a comunidade escolar aceitou o projeto e assim foram dados os primeiros passos.

No início do ano de 2015, o laboratório de Robótica começou a tomar forma e turmas multisseriadas foram organizadas, para o atendimento durante o contraturno escolar.

Em julho de 2015, a FUNDETEC (Fundação de Desenvolvimento Tecnológico de Cascavel) fechou uma parceria para empréstimo de Kits de Robótica para que o projeto pudesse ser executado, com o compromisso de devolução até que a Escola conseguisse adquirir seus próprios equipamentos. No mesmo mês Thiago Sodré (atual mentor) ficou responsável como novo instrutor do projeto.

Como Funciona o Projeto

Os alunos recebem no início do ano letivo um conjunto de materiais (Kit de Montagem impresso em 3D, Eletrônica e Ferragens) para reconhecimento das peças, estudo e montagem, sempre acompanhados pelo instrutor. Após a primeira montagem os alunos são estimuladas a criarem um código com os movimentos básicos FRENTE – RÉ – ESQUERDA – DIREITA – PARE. Logo depois dos primeiros código prontos, são propostos desafios para exercitar a lógica de programação das crianças como: desenhe uma estrela, um quadrado, um triângulo, quando estiver escuro ligue as luzes e etc.

Com a inserção dos códigos de movimento, são incorporados novos componentes à estrutura do Taturana (Sensor Ultrassônico e Segue Faixa), o que possibilita mais uma série de exercícios utilizando estes componentes (Carrinho Não Bate – Carrinho Segue Faixa – Robô Sumô), começando a despertar novas competências que são referentes as atividades de Robótica.

Vale lembrar que os alunos colocam a mão na massa e vão montando o seu próprio robô individualmente.

Batizado de Taturana devido aos componentes do robô serem impressos em preto e laranja e por ter um animal parecido na região, o robô montado pelas crianças, já percorreu o país em competições e exposições de tecnologia.

Confira alguns números:

  • +130h em Exposição, Atividades Extras, Mostras Culturais e Competições;
  • +40h Formação de Instrutores e Professores;
  • +10h Palestras sobre Projeto
  • 1º Technovação e 10ª Innoovacities (Cascavel) Congresso Latino Americano de Software Livre e Tecnologias Abertas LATINOWARE (Foz do Iguaçu)

Porém o maior desafio encontrado durante o projeto é de que as crianças possam levar o robô finalizado para a casa ao fim do projeto, pois os recursos para a construção de um novo são altos para atingir mais crianças.

Conheça mais sobre o Taturana

Gostou do projeto? A boa notícia é que o projeto é aberto e você pode montar o seu em casa! Conheça o Thingiverse do Taturana, lá você encontra o material do projeto disponível para download. 

Caso queira apoiar o projeto ou mais informações sobre o Taturana, o responsável é o Thiago Sodré (sodrecvel@yahoo.com.br).

Planos futuros do Taturana

O sonho é atingir todos os alunos da escola de forma igualitária, proporcionando a todos os alunos a participação no projeto proporcionando novos conhecimentos as crianças. Alcançar mais crianças fora dos muros da escola, levando a robótica como agente transformador de realidades na forma de oficinas e atividades sociais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 Comentários

  1. Obrigado de Todo Coração a toda Equipe FilipeFlop, Pelo apoio e o Empurrão para colocar colocar em Online estas Informações… Valeu…

  2. Gostei muito desse projeto, tenho tentado fazer o mesmo aqui na minha cidade desde de 2017, mas infelizmente é muito complicado fazer as pessoas entenderem do que se trata o projeto e abraçarem e apoiarem, ja procurei muitas escolas oferecendo meus serviços (sem cobrar nada, só pelo prazer de ensinar), mas nenhuma aceitou, enfim, não sei como fazer para ser ouvida, mas ainda não desisti desse sonho de dar aula para crianças. Voces estão de parabens.

    1. Olá Veronica!

      Nunca fiquei à frente de um projeto assim, mas tive um professor na Administração que ajudava projetos sociais a se estruturarem para angariar fundos.

      Uma coisa que eu sempre via ele comentando é para criar um portfólio do projeto com bastante conteúdo, fotos e se possível alguns dados também. Isso ajuda a dar credibilidade e fomentar o projeto.

      E se alguém acreditar, investir, der uma oportunidade é interessante “prestar contas” depois. Mostrar o que foi feito e como essa ajuda gerou impacto no projeto.

      Boa sorte no seu trabalho!

  3. Vocês teriam o kit e o projeto taturana para venda ?

    1. Olá Fabiano!

      Infelizmente, não temos.

      Abraços!

      André Rocha – Equipe FilipeFlop

  4. O grupo amador CEFAB, parabeniza este excelente empreendimento cientifico. Acredito que o Brasil com esta inciativa educacional, dará um passo para a “ordem e o progresso científico” da próxima geração.

  5. Muito bom!!!! Coordeno, juntamente com uma das minhas filhas, um projeto destinado a crianças de prevenção ao uso de drogas e que usa a Robótica como instrumento para apresentar novas perspectivas e creio que este kit nos seria muito útil. Atuo voluntariamente e todos os custos são pagos por mim, por isso, já fiz o download do projeto e desejo adquiri uma impressora 3D. Parabéns!!! Sou cliente FilipeFlop e espero poder contribuir.

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}