O que é Arduino? 46

Como nasceu o Arduino? Para que serve um Arduino? Quais as vantagens? Como eu começo a programar? Nesse tutorial vamos apresentar um resumo sobre o que é Arduino e como você pode utilizá-lo em seus projetos.

O que é Arduino

O Arduino foi criado em 2005 por um grupo de 5 pesquisadores : Massimo Banzi, David Cuartielles, Tom Igoe, Gianluca Martino e David Mellis. O objetivo era elaborar um dispositivo que fosse ao mesmo tempo barato, funcional e fácil de programar, sendo dessa forma acessível a estudantes e projetistas amadores. Além disso, foi adotado o conceito de hardware livre, o que significa que qualquer um pode montar, modificar, melhorar e personalizar o Arduino, partindo do mesmo hardware básico.

Assim, foi criada uma placa composta por um microcontrolador Atmel, circuitos de entrada/saída e que pode ser facilmente conectada à um computador e programada via IDE (Integrated Development Environment, ou Ambiente de Desenvolvimento Integrado) utilizando uma linguagem baseada em C/C++, sem a necessidade de equipamentos extras além de um cabo USB.

arduino uno

Depois de programado, o microcontrolador pode ser usado de forma independente, ou seja, você pode colocá-lo para controlar um robô, uma lixeira, um ventilador, as luzes da sua casa, a temperatura do ar condicionado, pode utilizá-lo como um aparelho de medição ou qualquer outro projeto que vier à cabeça.

O vídeo abaixo mostra Massimo Banzi, um dos criadores do Arduino, falando um pouco sobre o processo de criação e desenvolvimento, e apresentando alguns projetos que utilizam a plataforma:

O que você pode fazer com o Arduino

A lista de possibilidades é praticamente infinita. Você pode automatizar sua casa, seu carro, seu escritório, criar um novo brinquedo, um novo equipamento ou melhorar um já existente. Tudo vai depender da sua criatividade.

Para isso, o Arduino possui uma quantidade enorme de sensores e componentes que você pode utilizar nos seus projetos. Grande parte do material utilizado está disponível em módulos, que são pequenas placas que contém os sensores e outros componentes auxiliares como resistores, capacitores e leds.

sensores e módulos

Existem também os chamados Shields, que são placas que você encaixa no Arduino para expandir suas funcionalidades. A imagem abaixo mostra um Arduino Ethernet Shield encaixado no Arduino Mega 2560. Ao mesmo tempo que permite o acesso à uma rede ou até mesmo à internet, mantém os demais pinos disponíveis para utilização, assim você consegue, por exemplo, utilizar os pinos para receber dados de temperatura e umidade de um ambiente, e consultar esses dados de qualquer lugar do planeta:

arduino mega

Para você ter uma idéia das possibilidades de criação com o Arduino, dê uma olhada nesses dois projetos (clique nas imagens para mais detalhes). O primeiro é de um tênis que se amarra sozinho…

tênis com arduino

… o outro é de um robô que sobe em árvores…

Modelos de Placas Arduino

O tipo de placa que você vai utilizar depende muito do projeto a ser desenvolvido e o número de portas necessárias. As opções vão das mais comuns, como o Arduino Uno e suas 14 portas digitais e 6 analógicas, passando por placas com maior poder de processamento, como o Arduino Mega, com microcontrolador ATmega2560 e 54 portas digitais, e o Arduino Due, baseado em processador ARM de 32 bits e 512 Kbytes de memória:

modelos placas arduino

Aqui no blog temos um artigo específico abordando as principais placas disponíveis no mercado, onde você pode verificar as especificações, detalhes e características de cada placa.

Estrutura de um programa em Arduino

Escrever um programa em Arduino é muito simples. Tudo o que você precisa é conectá-lo ao computador por meio de um cabo USB e utilizar um ambiente de programação chamado IDE, onde você digita o programa, faz os testes para encontrar eventuais erros e transfere o programa para o dispositivo.

Na imagem abaixo temos a IDE já com um programa carregado. No site oficial do Arduino você pode fazer o download da IDE gratuitamente:

Uma vez feito o programa, basta transferí-lo para o Arduino e o mesmo começa a funcionar.

Você não precisa ser expert em linguagem C para programá-lo. Além da grande quantidade de exemplos que você encontra aqui no blog, você pode começar um programa utilizando a estrutura básica do Arduino, que é composta  por duas partes, ou dois blocos:

setup() – É nessa parte do programa que você configura as opções iniciais do seu programa: os valores iniciais de uma variável, se uma porta será utilizada como entrada ou saída, mensagens para o usuário, etc.

loop() – Essa parte do programa repete uma estrutura de comandos de forma contínua ou até que algum comando de “parar” seja enviado ao Arduino.

Vamos ver exatamente como isso funciona, levando em consideração o programa abaixo, que acende e apaga o led embutido na placa em intervalos de 1 segundo:

//Programa : Pisca Led Arduino
//Autor : FILIPEFLOP

void setup()
{
  //Define a porta do led como saida
  pinMode(13, OUTPUT);
}

void loop()
{
  //Acende o led
  digitalWrite(13, HIGH);
  
  //Aguarda o intervalo especificado
  delay(1000);
  
  //Apaga o led
  digitalWrite(13, LOW);
  
  //Aguarda o intervalo especificado
  delay(1000);
}

A primeira coisa que fazemos no início do programa é colocar uma pequena observação sobre o nome do programa, sua função e quem o criou:

Programa - Cabeçalho

Comece uma linha com barras duplas ( //) e tudo o que vier depois dessa linha será tratado como um comentário. Uma das boas práticas de programação é documentar o seu código por meio das linhas de comentário. Com elas, você pode inserir observações sobre como determinada parte do programa funciona ou o que significa aquela variável AbsXPT que você criou. Isso será útil não só para você, se precisar alterar o código depois de algum tempo, como também para outras pessoas que utilizarão o seu programa.

Após os comentários, vem a estrutura do SETUP. É nela que definimos que o pino 13 do Arduino será utilizado como saída.

Programa - Setup

Por último, temos o LOOP, que contém as instruções para acender e apagar o led, e também o intervalo entre essas ações:

Programa - Loop

A linha do código contendo digitalWrite(13, HIGH) coloca a porta 13 em nível alto (HIGH, ou 1), acendendo o led embutido na placa. O comando delay(1000), especifica o intervalo, em milisegundos, no qual o programa fica parado antes de avançar para a próxima linha.

O comando digitalWrite(13, LOW), apaga o led, colocando a porta em nível baixo (LOW, ou 0), e depois ocorre uma nova parada no programa, e o processo é então reiniciado.

Começando com o Arduino

Como vimos acima, você não precisa de nenhum componente adicional para começar a programar um Arduino. Basta um computador, uma placa e a IDE para efetuar a programação e enviar o programa para a placa.

Depois que você der os primeiros passos, vale a pena investir em alguns módulos ou até mesmo nos kits de desenvolvimento, disponíveis em nossa loja virtual.

Para quem está iniciando, temos o Kit Arduino Start, onde além da placa, você tem resistores, leds e sensor de temperatura, além de diversos outros componentes. Temos também o Kit Beginning, onde você pode começar a mexer com displays e sensores ultrasônicos. Para níveis mais avançados, temos  o Kit Advanced, que já vem com o Arduino Mega 2560:

kit arduino

Gostou? Deixe seu comentário logo abaixo. Em caso de dúvidas, caso queira trocar uma ideia, ou até mesmo dividir seu projeto, acesse nosso Fórum!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

46 Comentários

  1. Boa noite,
    Gostei do tutorial básico, programa em vb6 e vb2008, gostaria de estar iniciando com o arduino basico como faço para adquirir.

    Grato
    Joel Coutinho

    1. Olá Joel,
      Você pode encontrar Kits em nossa loja: https://www.filipeflop.com/kit-ct-3d60e que vão desde um nível básico ao avançado.
      Abraço!

    2. SÓ A APROXIMADAMENTE DEZ DIAS, QUE TOMEI CONHECIMENTO DA PLACA ARDUINO.
      ESTOU LENDO TUDO SOBRE ARDUINO.
      VOU COMPRAR UM KIT ARDUINO PARA COMEÇAR MEUS ESTUDOS.

      HERLON MOREIRA STUART
  2. Parabéns pelo site de divulgação do Arduino, muito boas as dicas e exemplos que vocês postam . Uma iniciativa que traz benefícios ao aprendizado de uma área tão promissora como a robótica, mecatrônica, etc.

    Atenciosamente,

    Marcelo.

    1. Obrigado Marcelo !

      Abraço e aguardamos sua visita sempre que possível.

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  3. Boa Noite,
    Comprei meu primeiro arduino uno, de voces, a dois dias atraz, fiz um pequeno circuito de controle de umidade, mas acontece q nao dura nem 1 hora a bateria de 9v.
    E mesmo só ligada na placa do arduino sem nenhum circuito, tbm nao dura nem 2 horas, e normal isso?
    O que fazer?
    Obrigado,
    Carlos

  4. Gostaria de parabenizar pelo material disponibilizado. De ótima qualidade.
    E gostaria de pedir, o nome do autor desse artigo, para que eu possa referenciar em meu TCC.
    Grato!

    1. Boa tarde Gustavo,

      O nome do autor dos artigos é Adilson Thomsen, mas você pode também citar a FILIPEFLOP.

      Abraço!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  5. Muito bom!!! Me ajudou muito

    1. Obrigado Gabriel ! 🙂

      Abraço.

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  6. Muito obrigado tiro varias duvidas

  7. Olá. Tenho bons conhcimentos de informática (inclusive programação, mas só Visual Basic), elétrica e quase nada de eletrônica. Vcs teriam algum produto que venha com manual ou material suficiente para que possa iniciar? Gosto muito de robótica, automação e gostaria de aprender como hobby. Vcs inidcam o quê? E gostaria de saber se o material que acompanha ensina ou se já tenho que ter conhecimento prévio.

    Ismael Carlos Ruperto Junior
  8. Olá! Estou no 4º período de Engenharia de Computação e estou pensando em começar meus estudos em Arduino autonomamente. A matéria deixou bem claro as funções, definições e caracterizações de sua utilização.
    Obrigada, ótimo trabalho!

  9. Uma dúvida quais são as desvantagens do arduino?

  10. Olá

    Estou começando nesse meio e pensando futuramente em fazer Engenharia Mecatrônica. Tenho interesse por robótica, drones e esteiras lagarto.

    Como primeiro projeto, estou montando uma esteira lagarto e gostaria de ter um controle remoto que não necessite de fios. Pelo que vejo, a placa arduino permite isso. Mas gostaria de mais informações. É possível utilizar esse sistema com a Arduino e quais os componentes preciso comprar?

    desde já agradeço.

    Natan Vinicius Ribeiro
  11. Cara, Blog bem legal. ajudou bastante.

  12. Amei a matéria, explicação clara e precisa, foi uma ótima introdução ao assunto.

  13. Eu preciso de algo que converta códigos de um led (3 piscadas curtas – intervalo – 2 piscadas curtas) em números digitais (32).
    O Arduíno faz isso?
    Abraços

  14. obrigado pela explicaçao , gostaria de saber se qual livro de programaçao posso comprar para que possa aprender a liguem ou se comprando a placa vem algun manual

    luis mauro silva penha
  15. Bom dia! Realmente o Arduino é uma forma bem simples de se iniciar na Robótica mas como fazer esta iniciação com leigos em programação? Vocês não possuem uma interface de código aberto com macros prontas?

  16. Gostaria saber se posso instalar sensores de temperatura e pressão e conectá-los à placa do Arduino para registrar esses dados no computador? Precisaria de algum tipo específico de conexão do sensor para a conexão à placa do Arduino?

  17. Achei esclarecedor o conteúdo. Estou entusiasmado em começar.

    Sergio Adalberto Pavani
  18. Boa noite! Muito bom!
    Estou querendo fazer um projeto mas não sei se já tem alguma coisa pronta no mercado. Estou querendo fazer um contador sonoro.
    Se alguém poder me ajudar! Eu vi q tem uma placa de sensor sonoro, precisava juntar um contador digital ou analógico à esse microfone

  19. Bom dia,
    Muito boa a apresentação e explicação do Arduino, sou amante da eletrônica, vou adquirir o Arduino básico para conhece-lo melhor e, ao mesmo tempo, me divertir com as montagens.

    grato
    Geraldo Moraes

  20. Conheço bem pouco sobre arduino,trabalho com elétrica meu conhecimento em eletrônica e bem pouco!mais gostei da matéria vou compra um kit básico pra conhecer melhor.

  21. Interessante … pensei em varios produtos.

  22. Ótimo tutorial, muito bem escrito e ilustrado.
    E que grata surpresa ao ver meu colega Adilson Thomsen como responsável pelo Departamento técnico.
    Estão com uma companhia inestimável, é um profissional excelente e uma pessoa admirável.

    Paulino Castro

    1. Oi Paulino!

      Muito obrigado e bom “revê-lo”! 🙂

      Abraço!

      Adilson

  23. Sempre ouvi falar no Arduino e sua importância mas, só a pouco passei a direcionar minha atençao para estudos e criação com esta tecnologia pra desenvolvimento de ferramentas e maquinas. Estou gostando bastante mas sempre haverá um grande caminho de estudos e desenvolvimenro pela frente.
    Fico grato

  24. Olá, meu nome é Nilson. Resido em Uberaba MG. Estou muito interessado em comprar um ķit do ARDUINO. A função seria o controle /comando de um elevador residencial para três andares. Gostaria de contato para viabilizar o projeto. Grato. Nilson. Abaixo meus contatos.

  25. Excelente tutorial muito didático e esclarecedor. Parabéns e obrigada

  26. Olá, gostei muito do arquivo sobre arduino e gostaria de utilizar para automação de uma máquina lançadora de bolas de tênis que estou projetando e quero controlar á distância por controle remoto. Qual o kit que devo comprar? Att, Leomar Mariano.

  27. qual o valor de tudo o kit

    marcio de souza lima
  28. Eu entrei em uma escola nova faz mais ou menos 4 meses, e desses 4 meses, 3 meses eu tive aula de Robótica( qual matéria que eu n tinha na outra escola, ou seja, eu n sei fazer programação, eu n sei de nada) eu só tenho aula de Robótica ás terças, ou seja, eu tive 12 aulas de Robótica. Eu pesquiso muito sobre Robótica, mais nunca encontro o que eu quero. Depois de amanhã, vou ter prova de Robótica, a avaliação, e a parte da prática( na qual eu n sei nada), ou seja, vou tirar um 0 na parte prática, vou reprovar na matéria de Robótica, e minha vida tá uma merda!
    Me desejem sorte!

    1. Haha não é tão difícil assim. Consulte o material do nosso blog e poste também as suas dúvidas no nosso fórum.

      e…. Boa sorte!!!! 😀

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  29. Não conheço a placa programável arduino, pesquisando na net alguma coisa que pudesse me atender cheguei a até vcs ; tenho um trabalho de escola que consiste na construção de um mini-carro ou seja um carro de brinquedo, a andar sozinho e desviar dos obstáculos , dar marcha ré e efetuar manobra, resumindo meu mini-carro terá que se virar sozinho até terminar sua programação, podem me informar se estas placas me ajudaria em meu projeto/

    Dorival Lucas Flausino
  30. gostei muito das infomações tirou basastent eduvidas , obrigado

  31. M

    Osvaldo Ferreira de ^
  32. Muito interessante.
    Parabéns aos desenvolvedores.
    Não dá acrescentar mais nada só repetir, muito, muito legal.
    Gostei, brevemente irei criar algo para usá-lo. Alguma funcionalidade séria irei desenvolver.

    Osvaldo Ferreira de ^
    1. Olá Osvaldo!

      Ficamos muito felizes em saber que o nosso trabalho impacta as pessoas de alguma forma!

      Você já viu o nosso fórum?

      Lá você pode tirar algumas dúvidas e postar seus projetos. Colaborar e aproveitar a comunidade:

      https://www.filipeflop.com/forum/

      Abraços!

      André – Equipe FILIPEFLOP

Trackbacks and Pingbacks

  1. […] nos últimos anos, como a placa Raspberry Pi e outras diversas baseadas na plataforma aberta Arduino. Além das plataformas de hardware, padrões de rede para redes de baixa potência, […]

  2. […] funcional e fácil de programar, sendo dessa forma acessível a estudantes e projetistas amadores (Fonte). Outro exemplo de dispositivo é o Raspberry Pi. O Raspberry Pi é um mini-microcomputador que, no […]

  3. […] Se quiser saber mais sobre o que é Arduino e outros modelos de placa, acesse o post O que é Arduino?. […]

  4. […] Veja o post completo : O que é o Arduino ? […]