Planta IoT com ESP8266 NodeMCU – Parte 3 16

Dando continuidade ao projeto da planta IoT (Planta IoT com ESP8266 NodeMCU e Planta IoT com ESP8266 NodeMCU – Parte 2), agora chegamos à parte 3 do projeto: avisos de umidade de solo via MQTT.

Planta IoT com NodeMCU

Agora, além de sua planta enviar dados de umidade do solo para o ThingSpeak e utilizar o Twitter, sua planta irá enviar esses mesmos dados através de MQTT para qualquer smartphone, computador ou tablet ligado à internet!

MQTT e NodeMCU: onde encontro mais informações?

Para obter mais informações sobre como utilizar o NodeMCU junto com MQTT, leia estes artigos do BLog FilipeFlop:

ThingSpeak e MQTT ao mesmo tempo no NodeMCU

Pode parecer estranho à primeira vista, mas é perfeitamente possível utilizar  em um mesmo programa (inclusive, ao mesmo tempo) o envio de dados ao ThingSpeak e a um broker MQTT.

Isto é possível pois o NodeMCU utiliza o ESP8266 12-E, um módulo Wi-Fi que suporta até quatro sockets TCP simultaneamente. Ou seja, a grosso modo, no projeto deste post será utilizada metade da “conectividade” máxima do módulo.

Desta forma, conclui-se que um mesmo NodeMCU pode enviar dados a até 4 plataformas distintas simultaneamente, o que pode ser útil em algumas soluções e/ou protótipos IoT.

Como receber as mensagens via MQTT?

Via MQTT serão enviados alertas textuais (de 10 em 10 segundos) informando a atual situação da umidade de solo. Ou seja, com o MQTT será possível saber, a praticamente qualquer instante, a umidade de solo da planta.

<imagem Planta IoT MQTT – Celular>

Para receber as mensagens MQTT enviadas pelo NodeMCU, pode-se utilizar quaisquer clientes MQTT disponíveis. Segue abaixo algumas sugestões:

  • Se você utiliza o navegador Google Chrome no computador, uma boa alternativa é utilizar o aplicativo MQTTLens
  • Se você utiliza smartphone ou tablet com sistema operacional Android, um dos melhores clientes MQTT para ele é o MyMQTT

Código planta IoT com esp8266 nodemcu e mqtt

Segue abaixo o código-fonte do projeto:

Execução – MQTT

Abaixo segue duas figuras de clientes MQTT distintos exibindo as informações enviadas pelo NodeMCU. Ambos clientes estavam rodando simultanemente no momento da geração da figura/screenshot.

Na primeira imagem, temos o MQTTLens rodando no browser Google Chrome no PC:

Tela Planta IoT com ESP8266 NodeMCU

E nesta, um celular android rodando o MyMQTT:

Planta IoT MQTT Celular

Gostou do nosso projeto de planta IoT com ESP8266 NodeMCU? Ajude-nos a melhorar o blog atribuindo uma nota a este tutorial (estrelas no final do artigo), comente e visite nossa loja FILIPEFLOP!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 Comentários

  1. Parabéns pelo post, rodou direitinho, para fazer acionamentos de led via MQTT e pegar posição aberto fechado é possível? Tem algum exemplo ?
    Obrigado

    1. Darci, bom dia.

      Primeiramente, muito obrigado pela leitura e elogio! Quanto ao que você solicitou (entendo que seja interação com I/Os via MQTT), temos este post aqui no blog sobre isso: http://blog.filipeflop.com/wireless/controle-monitoramento-iot-nodemcu-e-mqtt.html

      Por favor, verifica se é isso mesmo que deseja.

      Atenciosamente,
      Pedro Bertoleti

  2. Excelente conteúdo, muito bom Pedro, parabéns.

    1. Douglas, muito obrigado!

  3. Salve Pedro Bertoleti! Parabéns pelo Artigo! Muito didático e esclarecedor!

    Uma dúvida é se este código funciona com o Arduino (Uno ou Mega) mais o ESP8266-01, pois preciso de mais portas analógicas e tenho um projeto já todo baseado em Arduino Uno para Aquisição de Dados de Placas Solares Fotovoltaicas (temperatura do ar, da costa da placa, tensão e corrente) e como sou iniciante em IoT, ainda não estou seguro em migrar tudo para NodeMCU.

    Obrigado!

    Andrew

    1. Andrew, bom dia.

      Muito obrigado pela leitura e elogios!

      Seria sim possível fazer uma adaptação para este projeto funcionar conforme deseja. Para isso, você precisaria programar o ESP8266-01 com a IDE Arduino (assim portará quase que integralmente o código deste artigo) e se comunicar com um Arduino qualquer via UART.
      Essas partes de programação do ESP8266-01 via Arduino IDE e comunicação entre ESP e Arduino por UART pode ser vista nestes artigos aqui:

      https://www.embarcados.com.br/estacao-de-medicao-de-temperatura-com-arduino-e-iot-configuracao/
      https://www.embarcados.com.br/estacao-de-medicao-de-temperatura-com-arduino-e-iot-comunicacao/
      https://www.embarcados.com.br/medicao-de-temperatura-open-source-com-arduino-e-iot-publicacao-dos-dados/

      Atenciosamente,
      Pedro Bertoleti

  4. Beleza Pedro Bertoleti, gostaria de te fazer uma pergunta, mas não é em relação essa artigo não é em relação a esse artigo: https://www.embarcados.com.br/estacao-de-medicao-de-temperatura-com-arduino-e-iot-comunicacao/, desculpa sei que não é bom fazer uma pegunta aqui de um outro artigo seu, mas é que realmente eu estou com muitas dúvidas. Eu estou tendo dificuldades para fazer o meu ESP8266 conectar na rede Wi-Fi daqui de casa eu informo o SSID e a senha conforme o você fez no seu código, mas quando eu abro o monitor serial do Arduino a única coisa que ele me mostra é: “wi-fi evt: 7”. o que isso significa? Eu tenho que configurar o meu roteador? por favor me ajuda estou perdido.

  5. Parabéns pelo artigo Pedro, mais e se eu quisesse salvar estes dados? Como proceder?

    1. Adriano, boa noite.

      Muito obrigado pela leitura e feedback!
      Quando você diz salvar os dados, se refere a salvar informações no próprio NodeMCU ou em um servidor ou computador externo? Pergunto pois ambos caminhos são possíveis, porém são respostas totalmente diferentes.

      Atenciosamente,
      Pedro Bertoleti

      1. Olá Pedro, achei que tinha publicado uma explicação da minha pergunta, já que em nosso post não é possível editar as mensagens, mais tudo bem.

        O objetivo da minha pergunta se refere à segunda opção, enviar dados para meu servidor local ou web. Porém, agora fiquei extremamente CURIOSO quando citou que é possível salvar os dados no próprio NodeMCU :O

        Infelizmente ainda não se encontra muitos tutoriais sobre NodeMCU, se puder me dar um rumo, meu TCC agradece :_(

        Desculpe as longas palavras. Atenciosamente,
        Adriano Matos

        1. Adriano, na questão de enviar dados e salvar em um banco de dados remoto, existem muitas soluções possíveis. Porém, recomendo fortemente a você ver esta solução aqui: https://douglaszuqueto.com/artigos/integrando-a-aplicacao-web-com-banco-de-dados . Ela foi Feita pelo meu amigo Douglas Zuqueto e creio que vá de encontro ao que você deseja.

          Quanto a gravar dados no próprio NodeMCU (no caso, na memória flash do próprio ESP8266 12-E), recomendo que leia o seguinte post do pedro minatel: http://pedrominatel.com.br/pt/esp8266/utilizando-eeprom-do-esp8266/ .
          Ele explica exatamente como fazer estas gravações (já testei na SparkFun Blynk Board e funcionou perfeitamente).

  6. Excelente conteúdo, muito bom Pedro, parabéns.

    1. Muito obrigado!

  7. Excelente conteúdo, muito bom Pedro, parabéns. vou provar.

Trackbacks and Pingbacks

  1. […] A única coisa que você conseguiu cultivar foi cacto? Na sua casa não tem nenhuma planta? Já tentou de tudo mas todas acabam secando? Foi pensando em você que escolhemos o Kit Planta IoT com NodeMCU para o sorteio de maio. Com ele você vai ter uma planta smart que envia um tweet no exato momento em que você precisa fazer a regagem. O Kit Planta IoT com NodeMCU é a sua chance de impressionar com muitas flores e folhagens em casa. Não sabe como fazer? Fique tranquilo que ensinamos tudo em três tutoriais bem didáticos, basta acessar aqui: parte 1, parte 2 e parte 3. […]