Programação Arduino em Português do Brasil 4

No Brasil existe um baixo nível de proficiência em língua inglesa em geral e isso acaba sendo uma barreira de entrada para muitos makers no universo do Arduino. Pensando em como quebrar esta barreira de entrada e permitir que muitos brasileiros com dificuldades em inglês possam adentrar ao universo marker através do Arduino, e quem sabe assim encontrar um estímulo para inclusive aprender inglês, que desenvolvi a biblioteca Brasilino, uma biblioteca que não só traduz toda a base do Arduino do inglês para o português, como também conta com uma série de comandos facilitados e didáticos para quem está ingressando no universo do arduino! Neste tutorial mostrarei como instalar e utilizar esta biblioteca, permitindo que você aprenda programação Arduino em Português do Brasil.

Instalação

Para instalar a Brasilino na sua IDE do arduino basta ir em Sketch > Incluir Biblioteca > Gerenciar Bibliotecas… então basta pesquisar na caixa “Refine sua busca…” por Brasilino, então é só clicar na descrição da Brasilino e clicar em instalar, pronto, agora sua biblioteca estará instalada e pronta para ser usada!

Instalação da biblioteca Brasilino

Você pode conferir os exemplos de programação Arduino em português do Brasil usando a biblioteca em Arquivo > Exemplos > Brasilino na aba de exemplos de bibliotecas personalizadas, experimente então comparar o exemplo piscar da Brasilino com o exemplo blink da Arduino.

Programação Arduino em português do Brasil

Programação Arduino em português usando Brasilino

Comece adicionando a biblioteca com o comando #include <Brasilino.h> na primeira linha do seu código, isso irá permitir com que a IDE reconheça os comandos digitados em Português, então você terá duas funções principais, a função configurar e a função repetir, como em programação em geral assim como em sites não costumamos utilizar acentos gráficos nem caracteres especiais como o “ç” a palavra “função” deve ser escrita como “funcao” ou então como “procedimento”.

Na função configurar são digitados todos os comandos de configuração do seu programa Arduino, como por exemplo definição de entradas e saídas das portas do Arduino e inicialização da comunicação serial, em Brasilino é muito simples configurar um pino como entrada ou saída, basta digitar o comando entrada e dentro dos parênteses declarar qual o pino que você quer declarar como entrada, da seguinte forma: entrada(13); para declarar o pino 13 como entrada e saida(12); para declarar o pino 12 como saída, não se esquecendo de colocar o sinal de ; para indicar o término do comando. A função configurar é executada apenas uma vez quando o seu Arduino é ligado.

Já na função repetir é onde você deve inserir o código do seu programa que estará em constante execução, como por exemplo os comandos de ligar e desligar os pinos do Arduino, que em Brasilino são simplesmente ligar e então entre parênteses o pino que você deseja ligar com 5v, como por exemplo ligar(12); para ligar o pino 12 e para desligar é possível digitar desligar(12); para que o nível de tensão deste pino caia para aproximadamente 0v.

Também é possível utilizar os pinos PWM representados com um ~ na frente para escrever valores “analógicos” que variam entre 0 e 255, utilizando o comando escreverAnalogico e então dentro dos parênteses definir o pino e o valor analógico que você quer escrever, como por exemplo escreverAnalogico(5, 128); para que o pino PWM 5 do seu Arduino obtenha o valor analógico de 128, que é aproximadamente metade do valor máximo de tensão do pino que é de 5v, resultando em uma tensão aproximada de 2,5v.

Sensores Embarcados

A biblioteca Brasilino já conta com suporte embarcado a alguns sensores em Arduino, você pode conferir em Arquivo > Exemplos > Brasilino > Sensores  exemplos do uso dos sensores já mapeados em Brasilino, como por exemplo o sensor ultrassônico HC-SR04 que basta ser inicializado com o comando Ultrassom ultrassom(9, 8); onde 9 é o pino de trig 8 é o pino de echo do sensor, e com o comando ultrassom.Medir() é possível realizar a medição de distância em CM deste sensor.

Menu da biblioteca

Além do sensor de ultrassom a biblioteca conta também com exemplos dos sensores de toque (botão), de luminosidade (LDR) e Temperatura (Termistor) prontos para serem utilizados.

Open Source

Assim como o Arduino, a biblioteca Brasilino é Open Source, o que quer dizer que o código fonte dela está aberto e disponível para que qualquer pessoa possa olhar e contribuir com o desenvolvimento da biblioteca, isto também quer dizer que a biblioteca não tem um dono, mas que é construída de forma colaborativa através de toda a comunidade!


Gostou de aprender sobre programação Arduino em Português? Através do site https://github.com/OtacilioN/Brasilino você pode obter mais informações sobre a biblioteca e contribuir com o seu desenvolvimento! Não se esqueça de publicar seu projeto usando Brasilino em nosso Fórum!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

  1. Legal cara! Parabéns. Eu já sou desenvolvedor tanto quanto você. E tens meu respeito por esse iniciativa.

  2. Parabéns. Muito show. Importante para quem quer começar.

  3. Gostaria de saber se vc trabalha com fio de V cobre

    1. Olá!

      Você pode procurar nossos produtos direto na loja!

      Talvez você esteja procurando isso:

      https://www.filipeflop.com/produto/fio-de-cobre-esmaltado-0-1mm/

      Abraços!

      André – Equipe FilipeFlop