Módulos ESP8266

Qual módulo ESP8266 comprar? 27

Os módulos com chip ESP8266 estão se popularizando rapidamente e são uma ótima alternativa para seu projeto de IoT (Internet of Things, ou Internet das Coisas), pelo tamanho e praticidade. Neste post vamos ajudar você a escolher qual módulo ESP8266 comprar, mostrando os principais modelos e características.

Módulos ESP8266

Internamente os módulos utilizam o mesmo controlador, o ESP8266 (datasheet), e o número de portas GPIO varia conforme o modelo do módulo. Dependendo do modelo, você pode ter interfaces I2C, SPI e PWM, além da serial. A alimentação de todos eles é de 3.3V, assim como o nível de sinal nos pinos. Os módulos tem uma CPU de 32Bits rodando a 80MHz, suportam internet nos padrões 802.11 b/g/n e vários protocolos de segurança como WEP, WPA, WPA2, etc. A programação pode ser feita via comandos AT ou usando a linguagem LUA. São ideais para projetos de IoT pois possuem pouquíssimo consumo de energia em modo sleep.

Módulo ESP8266 ESP-01

ESP8266 ESP01

O módulo ESP8266 ESP-01 é o módulo mais comum da linha ESP8266. Ele é compacto (24,8 x 14,3 mm), e possui dois pinos GPIO que podem ser controlados conforme a programação. O ESP-01 pode ter o firmware regravado e/ou atualizado, conforme mostramos no post Upgrade de Firmware do Módulo ESP8266, utilizando interface serial. Uma pequena desvantagem desse tipo de módulo é a disposição dos pinos, que dificultam a utilização em uma protoboard, mas você pode facilmente utilizar um adaptador para módulo wifi ESP8266 ESP-01 ou jumpers macho/fêmea, por exemplo.

Módulo ESP8266 ESP-05

Módulo ESP8266 ESP-05

O módulo wifi ESP8266 ESP-05 é um módulo um pouco diferente das outras placas da linha ESP8266, pois não possui portas que podemos usar para acionar dispositivos ou ler dados de sensores. Por outro lado, é uma alternativa interessante para projetos de IoT quando você precisa de uma boa conexão de rede/internet por um baixo custo. Pode ser utilizado, por exemplo, para montar um web server com Arduino ou efetuar uma comunicação de longa distância entre placas como Arduino/Arduino, Arduino/Raspberry, etc. Não possui antena onboard, mas tem um conector para antena externa onde podemos usar um cabo pigtail U.FL e uma antena SMA, aumentando consideravelmente o alcance do sinal wifi.

Módulo ESP8266 ESP-07

 

ESP8266 ESP07

O módulo ESP8266 ESP-07  também é um módulo compacto (20 x 16mm), mas com um layout diferente, sem os pinos de ligação. O módulo conta com uma antena cerâmica embutida, e também um conector U-Fl para antena externa. Esse módulo tem 9 GPIOS, que podem funcionar como pinos I2C, SPI e PWM. O layout do módulo permite que ele seja integrado facilmente à uma placa de circuito impresso, muito utilizada em projetos de automação residencial.

Módulo ESP8266 ESP-12E

 

ESP8266 ESP12E

O módulo ESP8266 ESP-12E é muito semelhante ao ESP-07, mas possui apenas antena interna (PCB). Tem 11 pinos GPIO e é muito utilizado como base para outros módulos ESP8266, como o NodeMCU, que veremos mais adiante. No blog temos um interessante post ensinando a utilizar o módulo com display Oled. Esse post usa especificamente o ESP-12E, mas você pode usar o mesmo princípio para ligar o display em outros módulos ESP8266.

Módulo ESP8266 ESP-201

ESP8266 ESP-201

O módulo ESP8266 ESP-201 é um módulo um pouco mais fácil de usar em termos de prototipação, pois pode ser montado em uma protoboard. Os 4 pinos laterais, que são responsáveis pela comunicação serial, atrapalham um pouco esse tipo de montagem, mas você pode soldar esses pinos no lado oposto da placa, ou utilizar algum tipo de adaptador. O ESP-201 possui 11 portas GPIO, antena embutida e conector U-FL para antena externa. A seleção da antena é feita modificando um jumper (um resistor de 0 (zero) ohms) na parte superior da placa, ao lado do conector U-FL.

NodeMCU ESP8266 ESP-12E

 

ESP8266 NodeMCU

O Módulo ESP8266 NodeMCU ESP-12E é uma placa de desenvolvimento completa, que além do chip ESP8266 conta com um conversor TTL-Serial e um regulador de tensão 3.3V. É um módulo que pode ser encaixado diretamente na protoboard e dispensa o uso de um microcontrolador externo para operar, já que pode ser facilmente programado utilizando LUA. Possui 11 pinos de GPIO (I2C, SPI, PWM), conector micro-usb para programação/alimentação e botões para reset e flash do módulo. Como podemos ver na imagem, o NodeMCU vem com um ESP-12E com antena embutida soldado na placa.

Para ver como dar os primeiros passos com o NodeMCU, veja o post Como programar o módulo ESP8266 NodeMCU.

Gostou ? Ajude-nos a melhorar o blog atribuindo uma nota a este tutorial (estrelas no final do artigo), comente e visite nossa loja FILIPEFLOP!

Posts Relacionados

27 Comentários

  1. Excelente !! Informações muito úteis! Parabéns!! :DDD

    Zarley Zanard da Silva Almeida
    1. Valeu. Abraço! 🙂

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

      1. Olá,
        muito bom mesmo.
        Porém tenho uma dúvida terrível, o NODEMCU ESP8266 pode ser ligado diretamente a um shield relé 5V ou vou precisar de um Conversor de Nível Lógico 3,3 / 5V ?

  2. Muito bom o artigo! Parabéns!
    Só fiquei com duas dúvidas, a primeira é que você comenta que o NodeMCU “dispensa a utilização de um microcontrolador externo para operar”, mas os outros precisam de um micro externo para operar?Ou o que você quis dizer com “operar”? A outra pergunta é que você diz que o NodeMCU tem I2C,SPI e PWM, os outros não possuem?

    1. Boa tarde Alfredo,

      Então, existem vários tipos de módulo ESP8266, todos eles com o mesmo CI, mas nem todos tem as saídas pra isso. Exemplo: o módulo ESP-01, que só tem uma porta GPIO. O CI dele até tem a função de I2C, SPI e PWM, mas você não tem conexões externas pra usar isso.

      Quando ao NodeMCU, é praticamente o mesmo caso. O ESP8266 aceita programação, mas o NodeMCU já tem todas as portas disponíveis pra vc ligar um motor, um sensor, ligar um relé, etc. Se você tentar fazer as mesmas coisas com um ESP-01, por exemplo, não vai conseguir, pq ele não tem as portas para você ligar aos outros dispositivos, então teria que usar, por exemplo, um Arduino pra dar uma “ajudinha”. 🙂

      Abraço e obrigado!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

      1. Adilson, não sei se entendi certo. Por exemplo, no caso do ESP-12, qual seria a diferença em relação ao NodeMCU, tirando que o NodeMCU tem a porta USB, acredito que pra facilitar a programação, atualização do firmware e etc, correto?

        1. Boa tarde Alfredo,

          Basicamente no ESP-12 você teria que pendurar “tudo” (adaptador USB-TTL, pinos, botão, regulador de tensão, etc), e no NodeMCU vc já tem tudo na placa.

          ESP-12: http://s17.postimg.org/jfk189ddr/ESp_12_E.png
          NodeMCU: http://www.robsbots.org.uk/wp-content/uploads/2016/03/nodemcu_pinout.png

          Abraço!

          Adilson – Equipe FILIPEFLOP

          1. Ah, agora ficou mais claro Adilson. Muito obrigado.

            Alfredo Miranda
          2. Valeu! 🙂

            Adilson Thomsen
  3. E sobre o esp32 eu pergunto;
    1) qual deles vem com BLE 4.2
    2) ONDE comprar ?
    Tem nodemcu pra ele

  4. Adilson, estou querendo fazer um projeto onde irei confeccionar uma PCB com arduino standalone e outras features, uma delas é a possibilidade de acoplamento de um módulo wi-fi ou bluetooth e a disponibilizando a configuração dinamicamente, qual desses módulos você me indicaria, particularmente achei o : ESP8266 ESP-01 bem compacto e utiliza poucas portas.

  5. Bom dia! Tô querendo comprar um dos modelos de esp8266 para fazer a leitura de sensores e depois poder ler estes dados. É possível? Ele funciona semelhante ao módulo bluetooth? Tem algum tutorial? Obrigado!

    1. Bom dia Fagner,

      Ele funciona por wireless, rede padrão 802.11. Já temos vários posts sobre o ESP8266 e em breve lançaremos novos projetos. Confira no link abaixo:

      http://blog.filipeflop.com/?s=esp8266

      Abraço!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  6. Adilson, gostaria de saber se esses módulos tem diferenças de espaço interno de memória, da ROM ou da RAM?

  7. Adilson, boa tarde.

    Estou com dificuldades para integrar o ESP8266 ESP07 ao Arduino Uno, teria algum tutorial para auxiliar?

    1. Boa tarde Bruno,

      Tutorial eu ainda não tenho, mas fiz alguns testes com a ESP-07 e usei estas conexões: GND-GND, GPIO15-GND, VCC-VCC, EN-VCC, TX-RX, RX-TX.

      Abraço!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

      1. Adilson, qual é esse pino (EN-VCC)?

  8. Boa tarde Adilson.
    Adquiri o MÓDULO ESP8266 ESP-12F e não estou conseguindo conectar na rede WiFi. Com os comandos AT consigo visualizar as redes disponíveis, mas não consigo conectar. Quando instalo o firmware NodeMCU não é possível visualizar e nem conectar rede WifiFi.
    Instalei o script do ‘blink” através do ESPlorer e funcionou perfeitamente.
    Você tem uma dica sobre o que devo fazer? Obrigado.

    1. Adilson, favor desconsiderar o meu questionamento. O problema foi solucionado. Obrigado.

  9. Olá Adilson, boa tarde.

    Pretendo utilizar um ESP8266 para o monitoramente de 3 variáveis por meio de sensores, e assim enviar estas informações para um celular por meio deste módulo.

    Gostaria de saber qual destes módulos seria mais indicado para minha aplicação. Além disso, é possível montar um circuito que funcione apenas com o chip principal, sem a necessidade do módulo completo?

    1. Sendo 3 sensores você precisa de pelo menos 3 pinos de entrada/saída, possivelmente mais. Isso já descarta a possibilidade de utilizar o ESP-01. Os demais móludos atentem o seu problema, a diferença estará no circuito adicional que você terá que projetar para programar o microcontrolador e também para fornecer 3,3V. O NodeMCU já possui esses circuitos, e portanto seria o mais fácil para começar (Note que ele é essencialmente um ESP-12 soldado em cima de outra placa com o conversor Serial-USB e o regulador de tensão). Os demais módulos necessitam de circuito adicional para funcionar, mas são mais baratos.

      Minha recomendação pessoal:
      – Se quiser uma solução completa : ESP8266 D1 Mini ou NodeMCU
      – Se quiser só o básico: ESP-12E

      Espero ter ajudado, divirta-se.
      Caio

  10. Oi Adilson bom dia!
    Deixa eu te perguntar uma dúvida!
    Seria muito complicado fazer um programa para enviar imagens através desses módulos e uma micro camera alem de dados remotamente via WIFI?
    Você conhece alguem que poderia desenvolver isso pra mim profissionalmente?
    Agradeço a sua atenção
    Alberto

    ALBERTO CARVALHO GOMES
  11. Olá,
    Sei que o tópico ja está um pouco antigo em questão de data, mas gosto de seus explicações em si, gostaria de realizar uma automação via mobile, utilizaria um módulo ou arduino ou um esp8266 como mestre que receberia todas as informações de diversos esp8266 alocados individualmente em cada dispositivo a ser controlado, juntamente com cada um teria um rele e a parte de controle de tensão logicamente. Qual módulo vc recomenda para utilizar nos dispositivos isolados? É possível ele receber/enviar o sinal de um ESP para outro?
    Grato desde já.

    Luan Gaertner Chequetto
    1. também quero saber

  12. Olá Adilson!
    Parabéns pelo trabalho seus posts são de muita importância para quem está começando na área de IOT
    como eu.
    Estou querendo fazer um projeto de IOT, mas tenho dúvidas com que plataforma usar. Estava pensando em usar o Arduino com o internet shield mas ví o módulo nodemcu e achei interessante por causa das suas vantagens. A minha dúvida é até quanto o nodemcu suporta um script em HTML, já que tenho em mente em fazer uma pag. em html tipo supervisório, o que acredito vai ficar muito grande e não sei se a memoria do node vai suportar.
    Por outro lado o Internet Shield tem a opção de usar o cartão micro sd o que daria bastante espaço para o meu programa em HTML.

    Gostaria de saber sua opinião se possível.
    Desde já agradeço, e desculpe-me pelos erros, ainda estou engatinhando nesse mundo da programação.

    1. Boa tarde Ailton,

      O NodeMCU é realmente bem interessante e está sendo muito usado ultimamente. Concordo que usando o ethernet shield vc tem a facilidade de colocar as páginas no cartão SD, mas nada se compara à liberdade de uma rede wireless…. 🙂

      Sei que o NodeMCU tem algumas limitações para páginas grandes, número de acessos, etc, teria que testar essa página para responder com certeza.

      Abraço e obrigado!

      Adilson – Equipe FILIPEFLOP

  13. Adilson

    Não estou conseguindo usar o ESP-01 com Adaptador. Quais modificações no código sao necessárias?
    Alguma sugestão?

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *