Transistores

Transistores

Conheça a nossa seleção de transistores e amplie a utilização de componentes eletrônicos nos seus projetos. Use-os para fazer chaveamento, cortar corrente e até mesmo para amplificar sinais. Monte fontes de tensão de bancada com a utilização de transistor e comece já seus projetos. Tudo com garantia, suporte e qualidade!

Mostrando 1–16 de 40 resultados

O que são transistores?

Os transistores são dispositivos semicondutores usados para amplificar ou chavear sinais eletrônicos e energia elétrica. Eles são compostos por materiais semicondutores com pelo menos três terminais para conexão com um circuito externo. Uma tensão ou corrente aplicada a um par de terminais do transistor controla a corrente através de outro par de terminal. Devido ao fato de intensidade da saída controlada poder ser maior que a energia de entrada (tensão ou corrente), um transistor pode amplificar um sinal. Hoje, alguns transistores aparecem como componentes eletrônicos singulares, mas muitos são encontrados embutidos em circuitos integrados. Os transistores revolucionaram o campo da eletrônica, e tornaram possível a construção de rádios, calculadoras e computadores menores e mais baratos.

A maioria dos transistores são feitos de puro silício e um pouco de germânio, mas certamente outros materiais semicondutores são usados algumas vezes.

Tipos de transistores:

Os transistores podem ser categorizados tanto por sua estrutura quanto por seu material semicondutor. Todavia, é muito mais comum nos basearmos em relação a estrutura quando vamos comprar um. Sendo assim, confira os tipos de transistores existente:

Transistores de efeito de campo (FET ou Field-Effect Transistor): esses transistores, as vezes chamados de transistores unipolares, usam ou elétrons ou lacunas para condução. Os quatros terminais de um FET são chamados de source, gate, drain e body (substrato). Na grande maioria dos FETs, o body é conectado ao source. Em um FET, a corrente drain para source flui através de um canal condutor que conecta source com o drain. A sua principal peculiaridade em relação ao outro tipo comum de transistor (o BJT) é que os FETs são controlados pela tensão aplicada entre gate e source.

Transistor de junção bipolar (BJT): Esses transistores são assim chamados porque eles conduzem ao usarem ambas as junções. O transistor de junção bipolar, o primeiro tipo de transistor a ser produzido em massa, é uma combinação de dois diodos de junção, e é formado por uma camada fina de um semicondutor tipo p entre duas camadas de semicondutor tipo n (ou ao contrário). Esse transistor, diferente dos FETs, é controlado pela corrente no terminal chamado de Base. Quando a corrente flui pela base, ocorre a polarização, assim acionando o transistor. A corrente então passa a fluir do terminal Coletor para o Emissor.

Reguladores de Tensão:

Reguladores de tensão são dispositivos comumente usados, principalmente quando o assunto é a montagem de uma fonte de alimentação. Sua principal funcionalidade é a do próprio nome: regular uma tensão para um valor (ou faixa de valor) específico. Sendo assim, quando temos um regulador de tensão, podemos observar que ele terá três terminais: entrada, saída e terra.

Quando se trabalha com um desses reguladores, deve-se atentar a sua folha de dados. Confira suas características para saber os dados de tensão de entrada, sua saída, se é necessário dissipadores para evitar que ultrapasse suas capacidades térmicas etc.

Exemplos de reguladores de tensão são os LM317 (saída variável), LM7805, LM7812, e outras variações onde têm uma aumento ou diminuição da saída.