Impressora 3D

Impressora 3D

Impressoras 3D são máquinas poderosas que estimulam a imaginação das pessoas. Com elas, você pode tirar o seu protótipo do papel e desenvolver projetos incríveis com um preço baixo e ótima qualidade! Temos vários modelos de Impressora 3D de filamento e Impressora 3D de Resina. Confira!

Mostrando todos 16 resultados

Quanto custa uma Impressora 3D no Brasil?

Comprar uma impressora 3D está se tornando mais barato a cada dia. O preço das Impressoras 3D, que já foi de milhares de dólares a mais acessível, tem reduzido consideravelmente nos últimos anos. Hoje em dia já é possível encontrar modelos excelentes por menos de R$2.000,00, como a Ender 3 da Creality. Atualmente, as impressoras 3D se tornaram tão simples e acessíveis que muitas pessoas possuem um equipamento desses em casa.

Mas não é apenas o preço de uma impressora que deve ser considerado no momento da compra. É importante compreender o que cada modelo pode oferecer e definir bem qual a sua necessidade. Caso precise de ajuda com a escolha, entre em contato com o nosso atendimento que teremos prazer em ajudar.

 

Mas, afinal, o que é uma Impressora 3D?

A impressora 3D é uma máquina ou equipamento utilizado para imprimir peças a partir de um modelo digital criado com a ajuda de um computador. Geralmente as impressoras utilizam um tipo de plástico para criar peças diversas, tais como, miniaturas de personagens, estátuas, vasos e todo o tipo de produto que se possa modelar em 3D.

A impressora 3D se parece um pouco com as impressoras convencionais, que imprimem textos ou desenhos em folhas de papel. Nesse processo, a impressora deposita tinta em pontos específicos formando palavras ou ilustrações, mas tudo fica chapado em uma folha plana. Agora, imagine que um equipamento pudesse depositar o material camada por camada fazendo com que ele tivesse volume. É isso o que uma impressora 3D faz!

 

Para que serve uma impressora 3D?

As impressoras 3D servem para produzir objetos personalizados de maneira simples, rápida e com um preço acessível. Elas foram desenvolvidas pensando na possibilidade de produzir produtos altamente personalizados ou protótipos que ajudam a avaliar a conformidade de um produto antes da produção em série.

Dentro da indústria, as impressoras 3D fazem parte de um conjunto de processos conhecidos como “manufatura aditiva” ou “fabricação aditiva”. Ela também é associada ao que denominamos Indústria 4.0, uma modernização das técnicas produtivas que permitem a fabricação de produtos personalizados com custo reduzido.

Além disso, as impressoras 3D estão cada vez mais integradas ao nosso cotidiano. Hoje em dia é possível ter uma impressora em casa para fabricar pequenas peças para manutenção de produtos, objetos de decoração, moldes e próteses odontológicas e médicas, moldes para jóias, protótipos de arquitetura e engenharias, miniaturas de jogos, entre outros.

 

Como funciona uma Impressora 3D?

As impressoras 3D funcionam criando várias camadas de material sólido uma sobre a outra a partir de orientações que ela recebe de um arquivo criado em um computador.

Para que esse processo seja possível, precisamos passar por três etapas básicas:

  • Modelagem 3D – criação de um objeto digital tridimensional;
  • Fatiamento – separar esse objeto 3D em milhares de camadas muito finas;
  • Impressão 3D – o arquivo com o modelo é enviado para a impressora que realiza o processo de depositar camada sobre camada colando uma na outra.

Mas você nem precisa saber modelar em 3D para ter uma impressora. Hoje em dia existem muitos sites e comunidades que disponibilizam as mais variadas peças para você imprimir em casa. Confira nosso artigo sobre os 5 melhores sites para baixar modelos 3D.

 

Tipos de impressora 3D

Existem muitos tipos de impressoras 3D hoje em dia, das mais simples utilizadas em casa até as mais avançadas que são utilizadas para fabricação de peças especiais de alto desempenho. As mais comuns são as impressoras 3d de filamento ou FDM (modelagem por fusão e deposição) e as impressoras 3d de resina. Cada uma delas possui características e aplicações próprias.

Impressoras 3D de Filamento (FDM)
As impressoras 3D de filamento (FDM – Fused deposition modeling) funcionam de forma bastante simples. O modelo 3D que é enviado para impressora que irá segmentar o arquivo do objeto camada por camada. Depois, a impressora derrete um filamento de plásticos e o empurra através de um bico fino aquecido e deposita esse fio fazendo o desenho de cada camada do objeto.

O tempo de produção de peças utilizando uma impressora FDM depende de alguns fatores e, portanto, acaba sendo bem variado. Os principais pontos que interferem diretamente no tempo de impressão são a densidade e o tamanho do projeto. Além disso, o próprio material utilizado para imprimir pode influenciar no tempo de impressão, resultando em algo mais lento ou não.

Impressoras 3D de Resina
Existem duas técnicas para a impressão 3D em resina: SLA (estereolitografia) e DLP (processamento digital de luz). Em ambos os processos, a resina líquida fotossensível 3D é endurecida, camada por camada, até formar o modelo 3D final.

O princípio de funcionamento das duas impressoras (SLA e DLP) é bastante parecido. Primeiro, a plataforma se aproxima do fundo do reservatório de resina até uma distância equivalente da altura de uma camada. Depois, a fonte de luz ultravioleta (UV) atinge a resina fotossensível 3D, solidificando cada camada de acordo com um desenho específico. Quando a primeira camada é finalizada, a plataforma se move a uma distância suficiente para ser formada a segunda camada. Novamente a fonte de luz UV atinge a resina 3D, endurecendo a mesma. O processo se repete até que a peça seja finalizada.

A principal diferença entre estes métodos está diretamente ligada à fonte de luz UV.

No caso do método SLA, a máquina de impressão 3D de resina funciona usando um laser UV de alta potência para endurecer a resina 3D líquida que está contida no reservatório. O feixe de laser é focado no caminho predeterminado usando um conjunto de espelhos.

Já nas impressoras que usam o método DLP, a fonte de luz é um painel de leds UV (ultravioleta) que emite luz através de um LCD de alta resolução. O LCD exibe uma única imagem de cada camada em toda a plataforma de uma só vez. Isso faz com que o processo de geração de camadas seja mais veloz em comparação com a tecnologia SLA.

 

Materiais utilizados

As impressoras 3D de Resina utilizam uma resina especial sensível à luz ultravioleta no espectro de 405 nm. Existem vários tipos de resinas para diferentes finalidades, as mais comuns são as resinas de uso geral.

Já na impressão por filamento, os materiais utilizados para impressão são fios de plástico (para impressoras FDM) fabricados nos mais diversos tipos de materiais, tais como, PLA, PLA Silk, PETG, HIPS e ABS. Conheça os nossos filamentos e suas principais aplicações.

 

FilipeFlop | Especializada em Impressão 3D

A FilipeFlop é uma empresa com 10 anos de experiência na comercialização de componentes eletrônicos. Em diálogo com a nossa comunidade Maker decidimos utilizar a nossa experiência de importação para oferecer Impressoras 3D, filamentos e resinas, além de peças e acessórios com preço acessível, garantia e nota fiscal.

É importante ressaltar que temos o compromisso de auxiliar os nossos clientes a terem as melhores experiências com seus pedidos e durante a utilização de seus produtos. Para isso, além de suporte técnico especializado, contamos com uma comunidade atuante e diversos artigos que te ajudarão a fazer o máximo em impressão 3D.

Você pode conferir no Blog da FilipeFlop diversos conteúdos sobre Impressão 3D que podem te ajudar a iniciar ou aprofundar os estudos. E, sempre que precisar, entre em contato que teremos prazer em ajudar.