ESP32

ESP32

Conheça o módulo bluetooth e wifi ESP32! O sucessor do queridinho ESP8266 é mais poderoso e versátil, além de contar com uma robustez ainda maior. Possui mais GPIOs, mais processamento e muito mais possibilidades. Descubra os diversos modelos, tudo com garantia, entrega para todo o Brasil e suporte técnico de qualidade!

Mostrando todos os 14 resultados

O que é o ESP32?

O ESP32 é tudo que o ESP8266 é, mas muito mais. Ela possui WiFi integrado, tem mais pinos de sinais de GPIO (36 contra 17 do ESP8266), e diferente de por exemplo, as placas Arduino, bluetooth já vem embutido. e mais pinos de PWM possíveis e mais canais em seu conversor Analógico-Digital. O que chama mais a atenção é que o ESP32 é dual-core (isso mesmo, um microcontrolador com 2 núcleos!), e vem com cerca de 500 kBytes de memória SRAM, o que permite executar programas mais complexos.

E se você é dos entusiastas que gostam de recursos mais “sofisticados”, ele conta também com controlador de Rede CAN, o que permite o módulo interagir com redes CAN (tais como as presentes em veículos, caminhões e tratores), lembrando que é necessário usar em conjunto um transceiver de Rede CAN, ok? E complementando os recursos a mais, ele também possui interface Ethernet MAC, o que significa que é possível colocar o módulo em uma rede Ethernet cabeada, lembrando também que para isso é preciso usar em conjunto um PHY Ethernet também!

E mais alguns adicionais interessantes são o sensor de temperatura, que permite monitorar a temperatura do microcontrolador, a presença de interface para Sensor de Toque, o que facilita o uso do microcontrolador com teclados ou botões capacitivo, e a presença de um conversor Digital Analógico (DAC).

No que tange à memória Flash, não houve mudança significativa, até porque depende de uma memória externa usada pelo microcontrolador, e ambos, tanto ESP8266 quanto ESP32, podem usar memórias Flash de até 16 MBytes. Isso aí vai depender do fabricante escolher qual utilizar.

Em vista do módulo principal (e mais comum, o ESP-WROOM-32), muitos dos seus pinos são multi-funções. E diferente do ESP8266, o ESP32 possui interface JTAG, o que permite seu uso com Debuggers para monitorar a execução de códigos no microcontrolador em tempo-real.

A não ser que você seja um projetista experiente, usar o ESP-WROOM-32 nativamente pode ser uma tarefa difícil, dado que você teria que soldar os pinos do módulo “na mão”, além de cuidar da fonte de alimentação e comunicação com o computador. E para facilitar nossa vida, criaram uma placa parecida à NodeMCU para o ESP32, onde estão presentes o módulo principal, regulador de tensão para alimentação do módulo com a interface USB e/ou sinais externos, e conversor USB-Serial para comunicação com o módulo usando PC. O nome formal para esse padrão de placa é ESP32-DevKitC, nome este dado pela própria Espressif.

Aplicações:

Sobre as possibilidades de projeto com o ESP32, já pensou em fazer um monitoramento veicular com ele? É possível, pois possui CAN e BLE/WiFi. E algum sistema mais sofisticado de controle para automação? Ele possui ADC, DAC e PWMs diversos. Um sistema de som via WiFi? Ele tem I2S. Trazer um ar mais sofisticado ao projeto com botões capacitivos (touch)? Ele suporta.

Integração com a Arduino IDE:

Como já era de ser esperado, as placas ESP32 conseguem ser integradas de forma bastante simples na Arduino IDE. Para ter o ESP32 com Arduino IDE, basta fazer o download dos arquivos da placa. Ao ter a placa com a IDE, você pode executar diversos projetos utilizando o ESP32 com Arduino, assim garantindo projetos mais complexos.