Wireless e IoT

Wireless & IOT

Tenha já os mais poderosos e versáteis produtos wireless do mercado! Descubra como ter uma solução sem fio, e entre no novo movimento mundial: A internet das coisas (IoT). Mantenha tudo conectado e funcionando com coerência, dando uma robustez a mais para seu projeto, e garantindo uma conectividade com a nuvem!

Mostrando 17–32 de 103 resultados

O que é a Internet das Coisas (IoT):

A Internet das Coisas (Internet of Things ou IoT) é o conceito que se refere à conexão digital entre objetos cotidianos (lâmpadas, eletroeletrônicos, eletrodomésticos) com a internet. Para tratar de forma mais clara, a internet das coisas é nada mais do que uma rede de objetos físicos (veículos, prédios ou outras aplicações que possuem tecnologia embarcada, sensores e uma conexão com a rede) capaz de reunir e também de transmitir dados. Ela acaba sendo uma extensão da internet atual, que traz a possibilidade de objetos do dia-a-dia, quaisquer que sejam eles, mas que tenham capacidade computacional, se conectem à internet.

Essa conexão com a rede mundial de computadores possibilita, logo de cara, controlar remotamente os objetos conectados e, além disso, que os próprios objetos sejam usados como provedores de serviços. Tais novas capacidades dadas a objetos comuns abrem caminhos para inúmeras possibilidades de aplicação.

Quais as principais aplicações da Internet das Coisas?

As aplicações possíveis com a Internet das Coisas são geralmente divididas entre aplicações do consumidor, comerciais, industriais e de infraestrutura.

As aplicações do consumidor é uma porção que vem crescendo com bastante força nos últimos anos. É a área em que os dispositivos IoT são criados para o uso do consumidor comum, incluindo veículos inteligentes, automação residencial e a tecnologia weareble. A automação residencial hoje ganhou muita força, e atualmente muitas pessoas querem ter a facilidade que a conectividade da IoT traz. Sendo assim, dispositivos como os relés inteligentes Sonoffs, e placas como as ESP8266 e ESP32 são ótimas pedidas para transformar aparelhos inicialmente desconectados em dispositivos wireless.

Gigantes do varejo e da tecnologia já vem fazendo diversos avanços rumo a automatização e a Internet das Coisas. Exemplos são os dispositivos Echo da Amazon, o Google Home, e o HomePod da Apple. Todos eles trazem opções para controlar sua casa de forma intuitiva e simples, assim obtendo um controle através da rede.

Agora para as aplicações industriais (também conhecida como IIoT, ou Indústria da Internet das Coisas), os dispositivos IoT nesse caso adquirem e analisam dados de equipamentos conectados, tecnologia operacional (OT), de locais e pessoas. Combinada com dispositivos de monitoramento baseados na tecnologia operacional, a IIoT pode ajudar a regular e monitoras sistemas industriais. Além disso, a mesma implementação pode ser usada para executar atualizações de registros e estoque automatizados em unidades de depósitos industriais, assim diminuindo custos com mão de obra e dinheiro.

Principais dispositivos IoT:

Atualmente, graças ao avanço tecnológico, dispositivos IoT estão cada vez mais acessíveis. Inclusive, já existem para venda Arduinos com a possibilidade de se conectar na rede sem o uso de fios. Todavia, ainda é possível ter esse tipo de conectividade com aparelhos próprios para isso. Algumas das placas mais conhecidas e amplamente utilizadas no meio maker são: ESP32, ESP8266, Wemos D1, as próprias placas Raspberry Pi também podem se tornar uma solução IoT. Com esses dispositivos, você pode dar uma nova face ao seu projeto.