Este tópico contém respostas, possui 2 vozes e foi atualizado pela última vez por  ricardomellocordeiro 1 mês atrás.

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)
  • Autor
    Posts
  • #98924

    Às infecções hospitalares são um grande desafio mundial e tem uma influência importante no tempo de hospitalização e mortalidade.

    Sou médico, com formação em clínica médica e após perder um paciente jovem de 22 anos em fim de protocolo de quimioterapia por uma infecção hospitalar decorrente da combinação de baixa imunidade e germe multirresistente, conversando com outros colegas percebi uma grande resistência dos visitantes e até mesmo da equipe hospitalar em utilizar o álcool espuma/gel disponibilizado gratuitamente nos corredores e quartos. Entristecido e incomodado, pensei em desenvolver um arduino acoplado ao dispenser de álcool. Não tenho patrocínio e recursos infinitos, minha ideia é salvar vidas( talvez a nossa própria ou de alguém que amamos um dia).
    Indo ao ponto: Pensei inicialmente em um modelo de dispenser automático com sensor de presença para corredor com sinal luminoso branco temporário e outro mais detalhado para os quartos que consistiria em associar a ativação por percepção de presença pelo rfid do funcionário de um sinal luminoso vermelho , que utiliza o álcool, seguido de um sinal luminoso azul temporário ( pensei em um som amigo talvez) gerando registro de: consumo estimado de álcool, utilização por funcionário, turno, e utilização dos pacientes…. no pouco tempo que me sobra tenho tentado aprender e estudar sobre o tema para montar o protótipo. Alguém mais experiente me ajudaria a diminuir meu tempo de execução e tornar o projeto melhor , algum interessado? Gratidão

    0
    #98944

    Rosana Guse
    Moderador

    Olá Ricardo!

    Sugiro que você primeiro pense nas funcionalidades mínimas que o projeto deve ter. Depois, vá aprimorando com outras funcionalidades.

    Uma sugestão de primeira versão seria: Um sensor de presença que, ao detectar a presença de uma pessoa, aciona um LED ou um buzzer (ou ambos) que está junto ao recipiente de álcool. O que acha?

    Abraço!

    Rosana – Equipe FilipeFlop

    1+
    #166173

    Oi Rosana essa sua ideia é muito bacana e já tínhamos pensado em algo parecido nos corredores, a ideia do rfid seria pra identificar cada funcionário e estabelecer pela vigilância a rotina de utilizar o álcool.

    0
Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.