Aula 2: Primeiros passos

Agora que você já sabe o que é e para que serve a Raspberry Pi, já está pronto para dar os primeiros passos com a sua placa! Mas antes de sair ligando, precisamos fazer 3 procedimentos:

  1. Escolher o sistema operacional
  2. Preparar o cartão SD
  3. Conectar periféricos

O sistema operacional

O sistema operacional é uma espécie de programa que gerencia os recursos do sistema, como memória, portas USB, processador, comunicação wireless e afins. A Raspberry Pi é compatível com Windows IoT e diversas distribuições de Linux. Entretanto, até o momento o Windows IoT ainda é bem limitado, servindo  basicamente como um ambiente voltado para o desenvolvimento de aplicações, não sendo muito utilizado como um computador pessoal ou base para sistemas de mídia e jogos, por exemplo.

Por outro lado, o Linux serve como base para diversas distribuições próprias para a Raspberry Pi. Essas distribuições podem deixar a placa com várias funcionalidades, como torna-lá um emulador de videogames antigos ou mesmo uma central multimídia. Se desejar conhecer as opções de sistemas operacionais, você pode ler o Apêndice B.

Uma das distribuições Linux mais utilizadas (e recomendada pela Fundação Raspberry Pi) é a Raspbian, que é a versão do Debian para Raspberry Pi. Com o Raspbian, a placa se comporta como se fosse um mini computador e é essa versão que iremos utilizar no nosso curso. O Raspbian já possui vários programas instalados para os mais diversos usos, veremos com mais detalhes algumas seções a frente. 

Preparando o cartão

Quando se instala um sistema operacional, normalmente é necessário baixar uma imagem (arquivo .ISO) e gravá-la diretamente no cartão SD. Esse procedimento, geralmente requer a instalação de outros programas, o que complica um pouco o processo. 

Para facilitar a vida dos iniciantes existe o NOOBS, que é uma forma mais fácil  e prática de se instalar alguns sistemas operacionais na Raspberry Pi. Ele é um pacote que contém várias opções de sistemas operacionais e apresenta uma interface que facilita o processo de instalação. Dessa forma, com o NOOBS, não é necessário baixar uma imagem e nem utilizar outros programas, basta apenas arrastar os arquivos para uma pasta. Por isso, vamos utilizá-lo para instalar o Raspbian na nossa placa. 

O primeiro passo é colocar o cartão SD no computador e formatá-lo em FAT ou FAT32. Para melhores resultados, utilize o SD Formatter.

No site da Fundação Raspberry Pi, na seção de downloads, você pode encontrar o link para download do NOOBS, basta baixar o arquivo .ZIP. 

Descompacte o NOOBS  e você terá uma estrutura de pastas como essa:

Copie todos esses arquivos para o cartão SD que você acabou de formatar. Agora seu cartão SD está preparado para a iniciar a instalação do Raspbian. Fácil assim! 

Conectando periféricos

Antes de ligar a sua placa você precisa conectar alguns  periféricos nela:

  • Conectar a Pi Zero ao monitor (Ou TV) utilizando o cabo HDMI x mini HDMI
  • Conectar o adaptador micro USB junto com o HUB USB
  • Colocar o Mouse e Teclado USB no HUB
  • Colocar o cartão SD que preparamos anteriormente

Você agora pode conectar a fonte de alimentação na sua Raspberry Pi, os arquivos de inicialização copiados para o cartão microSD serão carregados na sequência. Fique atento ao que deve acontecer:  A luz verde (ACT) irá piscar e aparecerá uma imagem no monitor. Se isso não acontecer ocorreu algum erro no preparo do SD, é melhor refazer o procedimento passo a passo novamente.