Aula 3: Instalação do sistema operacional

Ao ligar a sua placa, o único sistema operacional que aparecerá disponível na sua tela inicial será o Raspbian, pois este é o padrão recomendado. Entretanto, selecionando o ícone de conexão WiFi na parte superior da tela e configurando os dados da rede, aparecerão outras distribuições disponíveis para serem instaladas. Vamos utilizar o primeiro da lista, o Raspbian.

Raspberry Pi e Linux

Na parte inferior dessa tela, você pode selecionar o idioma que quer utilizar na instalação do Raspbian. Infelizmente só é possível o português de Portugal. O sistema não vem completamente em português, então utilizaremos aqui a versão em inglês.

Use as setas do teclado ou o mouse para selecionar o Raspbian, conforme destacado e clique em install no menu superior. Será exibida uma mensagem informando que o sistema operacional selecionado será instalado no cartão microSD, e todos os outros arquivos do cartão serão apagados. Clique em YES para confirmar.

Noobs - Aviso

A partir desse momento o cartão será preparado e o Raspbian instalado. Esse processo pode demorar alguns minutos:

Noobs - Instalação

Após a instalação, o Raspbian já entra diretamente no sistema operacional. Você deve selecionar o país, o horário e colocar uma nova senha para o usuário. Depois dessas configurações, ele vai solicitar baixar as atualizações (updates) e reiniciará o sistema. Após esse procedimento, aparecerá a tela inicial do Raspbian e ele já está pronto para uso!

Tela principal Raspbian

Se você está acostumado a utilizar só o Windows, também pode se familiarizar facilmente com a interface. A barra de tarefas fica localizada na parte superior da tela, o menu iniciar (símbolo da Raspberry Pi), fica no canto superior esquerdo enquanto as informações da rede WiFi, Bluetooth e horário,  no canto superior direito.

Programas pré-instalados no Raspbian

Além do sistema de gerenciamento de recursos, o Raspbian vem com diversos programas instalados e que se você desejar podem ser desinstalados a qualquer momento.

Chromium

inserir logo

O navegador de web que já vem instalado no Raspbian é um programa de software aberto que é a base para o famoso Google Chrome. Ambos os navegadores foram desenvolvidos pela Google.

Sonic Pi

inserir logo

Desenvolvido com apoio da Raspberry Pi Foundation, o Sonic Pi permite gerar sons e músicas a partir de códigos. Você pode inclusive alterar o código enquanto ele está sendo executado, o que facilita experimentações.

Minecraft

inserir logo

Esse famoso jogo estilo sandbox também vem instalado no Raspbian. Se quiser parar o curso agora e quebrar alguns blocos, fique à vontade.

Scratch

inserir logo

Scratch é uma linguagem de programação com fins educativos para pessoas entre 8 e 16 anos. O software se utiliza de blocos lógicos e recursos de som e imagem, para você desenvolver suas próprias histórias interativas, jogos e animações.

Wolframalpha

inserir logo

É um mecanismo de conhecimento computacional desenvolvido pela Wolfram Research, que disponibiliza uma versão gratuita da sua plataforma para qualquer produto Raspberry Pi.

Raspbian Lite

Uma alternativa ao Raspbian Full (completo) é o Raspbian Lite, uma versão mais leve, que consome menos memória, processamento e torna algumas aplicações mais rápidas. A versão mais leve vem sem os programas pré-instalados e não possui interface gráfica (GUI).

Uma boa vantagem da interface gráfica é poder visualizar os arquivos e programas que estão sendo executados no momento. A versão completa do Raspbian conta com um recurso onde é possível fazer essa manipulação apenas com linhas de comando. Já no Raspbian Lite, a manipulação só é possível através de linhas de comando.

Por não possuir interface gráfica e poucos programas pré-instalados, essa versão do Raspbian é muito mais leve o que faz as empresas geralmente a utilizarem em produtos finais.

Esses comandos são padrão para todas os sistemas operacionais Linux, os mais utilizados serão ensinados na aula a seguir. Se você já domina esses comandos pode pular a próxima aula.