Aula 5: Acesso remoto pelo computador

Vimos na aula passada o terminal de comandos da Raspberry Pi e através dele podemos acessar os arquivos e alterar configurações. E se pudéssemos acessar esse terminal sem precisar estar em contato com a Raspberry Pi? Nesta aula iremos ver uma forma de mexer na placa através de um outro computador, sem precisar conectar um monitor ou um teclado na Raspberry Pi.

Com o objetivo de realizar isso, vamos acessar a placa através do protocolo Secure Shell (SSH), que é um canal que se estabelece entre um servidor (no caso a Raspberry Pi) e um cliente (computador do qual a Raspberry Pi será acessada). A fim de estabelecer esse canal, é necessário que tanto o cliente quanto o servidor estejam na mesma rede. É necessário também que a rede permita o compartilhamento entre computadores, normalmente as redes domésticas são assim.

Imagem ilustrando o conceito

Preparando a Raspberry Pi

O primeiro passo é habilitar o SSH na placa, vamos abrir as configurações utilizando o comando no terminal:

sudo raspi-config

Dentro do próprio terminal irá abrir uma interface com as configurações da Raspberry Pi. Nessa interface é possível alterar diversas configurações, tornando esse procedimento bastante comum em outras aplicações. Entre na opção “5 – Interfacing Options” (opções de interface).

Depois entre na opção P2 (SSH).

Selecionando essa opção, a interface vai pedir uma confirmação (“você deseja habilitar o servidor SSH”), basta colocar sim (yes).

Uma vez confirmada, a interface irá apresentar a seguinte mensagem: “O servidor SSH está habilitado”.

Após isso, a placa estará aceitando o acesso remoto através do SSH. Entretanto, para acessá-la precisamos do seu endereço IP. A fim de descobrir isso, basta utilizar o comando:

ifconfig

No terminal, após executar o comando,  aparecerá o IP da placa na rede que, no nosso caso, é 192.168.1.90.

Preparando o PC

Agora que o servidor está pronto, precisamos configurar o cliente. O programa sugerido é o PuTTY, mas você pode utilizar outro, se preferir. Baixe o instalador do Windows ou os recursos de instalação em outro sistema operacional nesta página. A instalação é bem fácil, basta seguir tudo no padrão.

Uma vez instalado o PuTTY, basta abrí-lo e colocar as informações necessárias, como o IP da Raspberry Pi e em seguida clicar em Open.

Assim que a conexão for estabelecida, o terminal vai pedir um login e uma senha. Se você não alterou nada, o login é “pi” e a senha é “raspberry”; se você alterou, o usuário estará no terminal, no lugar do “pi” e a senha você deve lembrar. Após isso, algumas mensagens serão carregadas e aparecerá a linha de comando “pi@raspberrypi:~ $” que se tem quando abrimos o terminal diretamente na placa.

Pronto! Você acessou a sua placa diretamente pelo seu computador! Experimente alguns comandos, como os apresentados na aula anterior, e veja que você está acessando a sua placa realmente. Quando terminar de mexer, experimente desligá-la remotamente com o comando:

sudo shutdown now

Para voltar a utilizar a placa você precisa ligá-la novamente.