Portenta H7 Lite: Novo lançamento da Arduino Deixe um comentário

No dia 13 de setembro de 2021 a Arduino anunciou o lançamento da nova placa de desenvolvimento microcontrolada: o Portenta H7 Lite. A nova placa foi projetada para desenvolvedores que procuram um maior poder computacional, sem a necessidade de uma saída de vídeo, recursos de segurança adicionais ou conectividade WiFi. Ou seja, é uma versão mais simples e econômica em comparação com o já conhecido Portenta H7.

O Portenta H7 Lite oferece alto desempenho, confiabilidade, versatilidade e é uma solução simplificada e direcionada para aplicações de inteligência artificial (IA) e projetos de controle de baixa latência. Perfeito para tudo, desde máquinas industriais de ponta a equipamentos de laboratório e dispositivos de missão crítica.

Visão Geral do Portenta H7 Lite

O processador principal do Portenta H7 Lite é o STM32H747 dual core, incluindo um Cortex M7 rodando a 480 MHz e um Cortex M4 rodando a 240 MHz. Os dois núcleos se comunicam por meio de um mecanismo de Chamada de Procedimento Remoto (RPC), que permite chamar funções no outro processador de forma contínua. Ambos os processadores compartilham todos os periféricos da placa.

Portenta H7 Lite
Figura 01 – Portenta H7 Lite

O Portenta H7 Lite executa simultaneamente código de alto nível e tarefas em tempo real graças aos seus dois processadores. Por exemplo, ele pode executar código compilado por Arduino e código MicroPython ao mesmo tempo e fazer com que os dois núcleos se comuniquem um com o outro.

Os principais benefícios do H7 Lite incluem:

  • Dual Core – dois processadores executando tarefas paralelas;
  • IA no limite – pode executar máquinas de estado de IA;
  • Personalização – é altamente personalizável em volumes;
  • Suporte a linguagem de programação de alto nível (Micropython).

Assim como os outros dispositivos da família Portenta, a nova placa possui dois conectores de alta densidade de 80 pinos na parte inferior da placa. Isso garante escalabilidade para uma ampla gama de aplicações.

Especificações Técnicas

O Portenta H7 Lite é uma solução econômica, projetada para ambientes complexos onde a comunicação de rádio não é adequada ou possível. É perfeito para desenvolvedores que desejam aproveitar o poder computacional do Portenta H7, sem a necessidade de saída de vídeo ou recursos de segurança avançados. Veja abaixo as principais características da placa:

  • Microcontrolador STM32H747XI dual core de 32 bits: Cortex M7 @ 480 MHz e Cortex  M4  @ 240 MHz (datasheet)
  • Memória Flash: 2MB
  • Memória RAM: 1 MB
  • Tensão de Alimentação: 5V
  • Tensão de Operação: 3,3 V
  • Consumo: 2,95 μA em modo stand-by
  • Temperatura de operação: -40ºC a 85ºC
  • Interface para câmera: 8 bits a até 80 MHz
  • Conectores de alta densidade: Dois conectores de 80 pinos irão expor todos os periféricos da placa a outros dispositivos
  • Conector de Bateria: compatível com baterias Li-Po (3,7 V), mínimo de 700 mAh
  • Ethernet PHY: 10/100 Mbps (através da porta de expansão)
  • Cartão SD: interface para conector para cartão SD (através da porta de expansão)
  • Conector USB-C: alimentação para placa ou HUB USB para fornecer energia a outros dispositivos conectados
  • Sensor de temperatura integrado à placa
  • LED RGB integrado à placa
  • LED indicador de bateria integrado à placa

Já em relação a GPIO do H7 Lite, você vai encontrar:

Portenta H7 Lite - GPIO
Figura 02 – GPIO do Portenta H7 Lite
  • 1 interface UART
  • 7 portas ADC
  • 7 portas PWM
  • 1 interfaces I2C
  • 1 interface SPI

Para mais informações sobre a placa, consulte o datasheet da placa.

Aplicações do Portenta H7 Lite

O Portenta H7 Lite oferece dupla funcionalidade: pode funcionar como qualquer outra placa microcontrolada embarcada ou como o processador principal de um computador embarcado. O H7 Lite é perfeito para muitas aplicações, como:

  • Ambientes de rádio lotados ou qualquer situação em que você precise ter uma conexão Ethernet ou não precise se conectar à Internet;
  • Sistemas de controlador de robótica e outras operações da máquina que não requerem a interface de vídeo de alta resolução do H7;
  • Quaisquer projetos onde a segurança é importante, mas não crítica, já que o Portenta H7 Lite apresenta um elemento seguro, ao invés de dois.

Ou seja, o Portenta H7 Lite pode ser a placa ideal para seu próximo projeto de Indústria 4.0.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre essa novidade? Deixe um comentário abaixo contando o que achou. Para mais sobre os lançamentos do universo maker, acompanhe as novidades no nosso blog. E não esqueça de participar da nossa comunidade maker no Facebook e nos seguir no Instagram para não perder nenhuma novidade.

Faça seu comentário

Acesse sua conta e participe